Programa da cadeira de Ciência Política

 

 

1. A PROCURA DA CIÊNCIA POLÍTICA

 

1.1. A procura do concneito de ciência

 

1.2. Ciência e opinião.

 

1.3. A procura do conceito de política

 

1.4. A procura do conceito de ciência política

 

1.5. A ciência política norte-americana

 

1.6. A ciência política no Reino Unido  

 

1.7. A ciência política em França

 

1.8. A ciência política em Itália

 

1.9. A ciência política em Espanha.

 

1.10. A ciência política em Portugal

 

1.11. A procura do fenómeno central da ciência política

 

1.12. Ciência política e filosofia

 

1.13. O político e o jurídico. Relações entre a ciência política e a ciência do direito

 

1.14. CIÊNCIA POLÍTICA E SOCIOLOGIA

 

1.15. CIÊNCIA POLÍTICA E ANTROPOLOGIA

 

1.16. CIÊNCIA POLÍTICA E ECONOMIA

 

1.17. CIÊNCIA POLÍTICA E HISTÓRIA

 

1.18. CIÊNCIA POLÍTICA E TEOLOGIA

 

2. A GRAMÁTICA DA POLÍTICA

 

2.1. Os fundamentos greco-romanos. Da polis à civitas.

 

2.2. A emergência do pensamento político europeu

 

2.3. Os precursores da Revolução Atlântica

 

2.4. O pensamento pós-revolucionário

 

3. A NATUREZA DO POLÍTICO

 

3.1. O poder em geral

 

3.2. O poder político

 

3.3. Legitimidade

 

3.4. Autoridade

 

3.5. Representação

 

3.6. Liberdade

 

 

 

4. O AMBIENTE DO POLÍTICO

 

4.1. O indivíduo e a sociedade

 

4.2. Perspectiva clássica e neo-escolástica

 

4.3. O confronto Sociedade Civil/Estado

 

4.4. A DISTINÇÃO ENTRE COMUNIDADE E SOCIEDADE

 

4.5. A IDEIA ORGÂNICA

 

4.6. A IDEIA DE INSTITUIÇÃO

 

4.7. A ideia de sociedade global

 

4.8. AS IDEIAS DE FUNÇÃO E DE SISTEMA

 

4.9. A análise sistémica

 

4.10. A IDEIA DE DESENVOLVIMENTO POLÍTICO

 

4.11. A IDEIA DE AUTONOMIA DOS SISTEMAS COMPLEXOS

 

5. O CORPO DO POLÍTICO

 

5.1. Conceitos Operacionais  

 

5.2. A procura de um conceito universal de polis

 

5.3. Teses sobre as origens da polis

 

5.4. Elementos da polis

 

5.5. Os fins da polis

 

5.6. O POLÍTICO ANTES DO ESTADO

 

5.7. A CIDADE ANTIGA

 

5.8. A medievalização do político

 

5.9. O ESTADO MODERNO

 

5.11. DO ESTADO MODERNO AO ESTADO A QUE CHEGÁMOS. OS ELEMENTOS DO ESTADO

 

5.12. O ESTADO COMO CÉREBRO SOCIAL

 

5.13. O ESTADO DE DIREITO

 

5.14. A ACTUAL CRISE DO ESTADO

 

5.15. A NAÇÃO

 

 

6. A ARQUITECTURA DA POLÍTICA

 

6.1. Conceitos operacionais

 

6.2. As classificações formais clássicas

 

6.3. O PARADIGMA DEMOCRÁTICO

 

6.4. Formas degeneradas de política

 

6.5. A questão do totalitarismo

 

6.6. As classificações politológicas dos regimes

 

7. A SEDE DO PODER POLÍTICO

 

7.1. Conceitos Operacionais

 

7.2. A PERSPECTIVA SISTÉMICA

 

7.3. O PROCESSO POLÍTICO

 

7.4. O PODER COMO REDE DE PODERES

 

7.5. AS TEORIA ELITISTAS

 

7.6. AS TESES NEO-MARXISTAS

 

7.7. AS TEORIAS PLURALISTAS

 

7.8. A ESFERA SOCIAL REPOLITIZADA

 

7.9. ORIGENS DO MODELO DO Estado-Providência

 

7.10. O intervencionismo económico do primeiro pós-guerra

 

7.11. O Welfare State do segundo pós-guerra

 

7.12. O modelo português

 

7.13. As teorias do neocorporatism e do neoliberalismo

 

8. MACROPOLÍTICA. A INSTITUCIONALIZAÇÃO DO POLÍTICO

 

 

8.1. A CONSTITUIÇÃO

8.2. O ESTADO- APARELHO DE PODER. A GOVERNAÇÃO COMO ORIENTAÇÃO POLÍTICA

 

8.3. GOVERNOS

 

8.4. PARLAMENTOS

 

8.5. O ESTADO-SEGURANÇA: MILITARES E POLÍCIAS

 

8.6. O ESTADO-JUSTIÇA: JUÍZES E MAGISTRADOS

 

8.7. A BUROCRACIA ADMINISTRATIVA

 

8.8. GOVERNOS REGIONAIS E LOCAIS

 

 

9. MICROPOLÍTICA

 

9.1. GRUPOS DE INTERESSE E GRUPOS DE PRESSÃO

 

9.2. INTELECTUAIS E INTERMEDIÁRIOS COMUNICATIVOS

 

9.3. A COMUNICAÇÃO POLÍTICA

 

9.4. A PARTICIPAÇÃO POLÍTICA

 

9.5. TÉCNICAS DE CONQUISTA E CONSERVAÇÃO DO PODER

 

9.6. MUDANÇA POLÍTICA

 

9.7. VIOLÊNCIA POLÍTICA  

9.8. REVOLUÇÃO

 

 

10. PARTIDOS POLÍTICOS E ELEIÇÕES

 

10.1. Conceitos operacionais

 

10.2. ORIGEM DOS PARTIDOS POLÍTICOS

 

10.3. FUNÇÕES DOS PARTIDOS POLÍTICOS

 

10.4. TIPOLOGIA DOS PARTIDOS POLÍTICOS

 

10.5. Sistemas de partidos

 

10.6. ORGANIZAÇÃO, FUNCIONAMENTO E FINANCIAMENTO

 

10.7. FACÇÕES, MOVIMENTOS E PARTIDOS EM PORTUGAL

 

10.8. SUFRÁGIO POLÍTICO

 

10.9. PROCESSO ELEITORAL

 

10.10. SISTEMAS ELEITORAIS

 

 

11 A IMAGEM DO PODER

 

11.1. CONCEITOS OPERACIONAIS

 

11.2. Aproximação ao conceito de ideologia

 

11.3. O subsolo filosófico das ideologias

 

11.4. DEMOLIBERALISMO

 

11.5. DEMOCRACIA E POLIARQUIA

 

11.6. Contestações ao demoliberalismo

 

11.7. Espaços de conciliação com o demoliberalismo

 

11.8. DO FIM DAS IDEOLOGIAS AO FIM DA HISTÓRIA

 

11.9. NOVAS IDEOLOGIAS DEPOIS DO FIM DOS ISMOS

 

 

12. A DIMENSÃO INTERNACIONAL DA POLÍTICA

 

12.1. POLÍTICA COMPARADA

 

12.2. GLOBALISMO

 

12.3. Os grandes problemas contemporâneos

 

12.4. O Legado Político do Ocidente

 

12.5. A casa comum europeia

 

12.6. A perspectiva da american way of life

 

12.7. Os modelos da América Latina

 

12.8. A construção política em África

 

12.9. O universo chinês

 

12.10. O Islão e a política

Copyright © 1999 José Adelino Maltez.
Todos os direitos reservados.
Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência.
Última revisão em: 25-05-2003