© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

-399/-390: Morte de Sócrates e fundação da Academia

 

 

-459/-440 -439/-420 -419/-400 -399/-390   -379/-370 -369/-360 -359/-350 -349/-340 -339/-330 -329/-320

 

  Linha do Tempo  Séculos I a V

   
Regressa a guerra de Cartago contra Siracusa (-397). Vitória dos siracusanos cinco anos depois, remetendo os Cartagineses para a parte oriental da Sicília. Dionísio, que conquista Messina,  estende a sua influência ao sul de Itália, conquistando Crotona em -379. Assume-se como grande arconte e é como tal reconhecido por Esparta.

Celtas conquistam Roma (-390). Invasões duram até 386

Reconquista do sul da Etrúria pelos Romanos (-387) 
Apogeu de Esparta e da sua Liga (-399).

Vitória da aliança entre Atenas e os Persas contra os espartanos (-394)

Espartanos assinam a paz de Antálcidas, ou paz do Rei, ditada por Artaxerxes II que se torna árbitro dos gregos, garantindo a autonomia das cidades (-386)

Espartanos conquistam Tebas (-382)

Nasce Filipe II da Macedónia (-c. 382/-336) 
Julgamento, condenação e morte de Sócrates (-399)

Licurgo (-396/-324)


Primeiros Diálogos de Platão (-396)

Viagem de Platão (-390/-387)

Platão em Sirusa, primeira viagem (-388). Convidado pelo tirano Dionísio I.

Fundação da Academia, depois do regresso de Platão a Atenas (-387)

Aristóteles (-384/-322) ö349


Demóstenes (-384/-322)

Morte de Hipócrates (-380) 

 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009