© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

 

-649/0: Tarquínios em Roma, Drácon em Atenas e Sólon-60

 

Sólon

 

-799/-700  -699/-650  -649/-600   -599/580 -579/-570 -559/-540 -539/-520 -519/-500 -499/-490 -479/-460

 

  Linha do Tempo Séculos I a V

   

Nabolopassar, rei da Babilónia (-625/-605).

 

Monarquia etrusca em Roma. Reinado de Tarquínio Antigo (-616/-579).

Destruição de Assur (-614).

 

Tomada de Ninive pelos Babilónios e Medos (-606). Fim do império neo-assírio. Os Persas são, então, vassalos dos Medos.

Nabucodonosor II, rei da Babilónia (-605/-562). Emerge o império dos Caldeus, ou da Nova Babilónia.

 

Abolição da monarquia em Atenas, passando o poder para os arcontes e estrategos (-638).

 

Leis de Drácon em Atenas (-621)

Fundação, pelos gregos da Foceia, da colónia de Massilia, ou Marselha (-600).

Civilização céltica na Península Ibérica (-600). 

 

Sólon (-640-558)*.

 

Nasce Tales de Mileto (-625)

 

Redacção do Deuterónimo (-622)

Na Pérsia, apogeu de Zoroastro (-620).

 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

 

 

Última revisão:15-02-2009