© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

                    

1015-1019: Canuto o Grande

 

Iaroslav de Kiev

 

980-989 990-999 1000-1009 1010-1014 1015-1019   1020-1024 1025-1029 1030-1034 1035-1039 1040-1044

 

Séculos VI a X   Linha do Tempo     Século XII

 Roberto II (o Piedoso) (996-1031)

Canuto II ou Knut II, o Grande, rei da Dinamarca, da Noruega e da Inglaterra (1017-1035)

Henrique II, O Santo,  ou Henri le Boiteux, sucede a Otão III (1002-1024), como rei de Itália.
 

Instaladas feitorias genovesas e pisanas na Sardenha (1015).

Início da invasão normanda de Itália (1016).

Canuto, herdeiro de Svend I, que morre em plena campanha, derrota o rei inglês Edmundo II em Essex (18 de Outubro de 1016).

Canuto II ou Knut II, o Grande, rei da Dinamarca, da Noruega e da Inglaterra (1017-1035). O irmão Harald fica provisoriamente  rei da Dinamarca (1016-1017). Knut será rei da Noruega a partir de 1030. Assume-se como protector da Igreja.

Canuto é reconhecido como rei em toda a Inglaterra (1017). Estabelece a união da Inglaterra com a Dinamarca (1019).

Adalberto de Babenberg (1018-1055).

Reinado de Iaroslav de Kiev, o Sábio (1019-1054)*. Manda erigr em Kiev a catedral de Santa Sofia, cria uma moeda de ouro, inicia o monaquismo russo e designa pela primeira vez um metropolita, Hilarião, sem previamente consultar Bizâncio.

  

Árabes são expulsos da Sardenha por Pisa (1015).

1º Califa Hammudid de Córdova Ali ibn Hammud al-Nasir (1016-1018). Conquista Córdova e faz uma expedição à Sardenha.

Califa omíada de Córdova Abd-ar-Rahman IV Almortada (1017).

Conquista e saque de Montemor pelo conde Mendo Luz que passa a exercer efectivo domínio do território entre o Vouga e a Terra de Santa Maria (1017).

Começo da pregação druza (1017).

Garcia Sanchez (1017-1029).

2º Califa Hammudid de Córdova Al-Qasim ibn Hammud al-Ma'mu (1018-1021).

 

Fuero de Léon (1017) 

Proclamação, pelo califado de Bagdade, de um credo de inspiração hanbalita (1019), uma das quatro escolas do Islão sunnita, que se caracteriza pela sua atenção ao respeito da tradição corânica e profética. Uma 2.ª proclamação dá-se em 1042 e uma 3.ª em 1053.
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009