© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

1139: Batalha de Ourique e II Concílio de Latrão

 

 

1131 1132 1133 1134 1135 1136 1137 1138 1139   1140

 

Século XI Linha do Tempo    Século XIII

  Afonso VII, rei de Leão e Castela (1126-1157)

Luís VII, le Jeune, rei de França (1137-1180)

Estêvão de Blois, rei de Inglaterra (1135-1154)

 
Papa Inocêncio II (1130-1143)

Conrado III (1138-1152)

Matilda desembarca em Inglaterra

II Concílio de Latrão. O 10º concílio ecuménico. Assiste o Bispo de Braga, D. João Peculiar.

Henrique o Leão, duque do Saxe (1139-1180)*. Torna-se também duque da Baviera em 1156. 

 

Garantida a paz a Norte, nova ofensiva de D. Afonso Henriques contra os Almorávidas.

Batalha de Ourique (25 de Julho, dia de Santiago). Já fica vencedor o Lusitano, recolhendo os troféus e presa rica; desbaratado e roto o Mauro Hispano, três dias o grão Rei no campo fica. Aqui pinta no branco escudo ufano, que agora esta vitória certifica, cinco escudos azuis esclarecidos, em sinal destes cinco Reis vencidos (Camões). O vencedor da batalha começa a intitular-se rei.

Razia de D. Afonso Henriques no Alentejo, onde derrota os reis mouros das taifas de Sevilha, Badajoz, Beja, Elvas e Évora 

Decreto de Graciano (1139-1145), dito Concordia discorantium canonum.

Rogério II da Sicília prende Inocêncio III, forçando-o a reconhecer-lhe o título de rei.  
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009