© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

  

1190: Nova ofensiva moura e morte de Frederico Barba Roxa

 

 

1188 1189 1190   1191 1192 1193 1194 1195 1196 1197 1198 1199 1200

 

    Século XI  Linha do Tempo    Século XIII

  Afonso VIII, rei de Castela (1156-1214)

Filipe II, Augusto, rei de França (1180-1223)

Ricardo Coração de Leão, rei de Inglaterra (1189-1199)

Papa Clemente III

Frederico I Hohenstaufen Barba Roxa, Friedrich Barbarossa (1152-1190).

Imperador Henrique VI, dito o Cruel  (1190-1197)

Tratado de Messina entre Filipe Augusto e Ricardo Coração de Leão.

Massacre de Judeus em Clifford (16 de Março).

 

Frederico I, Barba Roxa morre na Cruzada, afogado na Anatólia, no rio Cydnos, quando tomava banho, depois de conquistar Koniau.

Sucede-lhe como imperador, o filho, Henrique VI, dito o Cruel  (1190-1197)*. Coroado em Roma em 1191.

Casado com Constança da Sicília desde 1186. Rei da Sicília desde 1194.

Pai de Frederico II e do rei Filipe da Suábia (1198-1208), casado com Irene de Bizâncio. 
Reinado de D. Sancho I

Nova ofensiva dos mouros, comandados por Yaqub al-mansur, o Almançor. Ataque a Silves, Évora, Torres Novas, Tomar, Leiria, Alcobaça e talvez Coimbra. Estabelecem-se em Almada.

Gualdim Pais resiste em Tomar, perante cerca de 90 000 atacantes (11 de Novembro).

Contrato de matrimónio entre a Infanta Dona Teresa, filha de D. Sancho I e Afonso IX, rei de Leão.  
 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009