© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1322: Carlos IV de França e batalha de Muhldorf

 

 

1318 1319 1320 1321 1322   1323  1324  1325  1326  1327  1328  1329 1330

 

  Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

Batalha de Muhldorf

 

Filipe V, rei de França (1316-1322)

 

Eduardo II rei de Inglaterra (1307-1327)

Osman I, sultão dos turcos (1299-1326) 

Stefan Uros III Decansk, rei dos sérvios (1321-1331)

 

 
Papa João XXII em Avinhão (1316-1334)

Luís da Baviera, imperador alemão (1314-1347).

Frederico o Belo, Habsburgo, filho de Alberto I, rei alemão

João do Luxemburgo, rei da Boémia (1310-1346)

Carlos I Roberto,  de Anjou, rei da Hungria (1308-1342)

Frederico II (1296-1336), rei de Aragão e da Sicília

Ladislau I, o Breve, rei da Polónia (1306-1333)

Nova expulsão dos Judeus de França

Morte de Filipe V, sucedendo-lhe o irmão, em 3 de Janeiro, Carlos IV, le Bel (1322-1328). Rei de França desde 3 de Janeiro, reconquista a Guiena, ou Aquitânia.

Carlos I (IV de França) (1322-1328), rei de Navarra.

Eduardo II derrota os barões na batalha de  Boroughbridge (16 de Março) e manda matar Tomás de Lencatre.

Luís da Baviera vence Frederico o Belo, Habsburgo, na batalha de Muhldorf (28 de Setembro)*. Frederico é preso, apenas sendo libertado em 1325, depois de renunciar ao império. Será então associado ao governo de Luís da Baviera. 

 

 Reinado de D. Dinis

Conquista de Montemor-o-Velho, Feira, Gaia e Porto pelo Infante (Janeiro).

Rei toma Leiria (Janeiro). Infante cerca Guimarães (Fevereiro e Março). Rei cerca Coimbra (Março).

Primeiro acordo de paz entre o rei e o príncipe herdeiro (10 de Maio).

D. Dinis fica gravemente doente (Junho) 
A propósito da pobreza apostólica, conflito entre o Papa e os franciscanos. 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009