© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1357: Reinado de D. Pedro I

 

 

 1350 1351 1352 1353 1354 1355 1356 1357  1358 1359 1360

 

 

Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

 João II, le Bon, rei de França (1350-1364)

 

Carlos III, o Mau, rei de Navarra (1349-1387)

 

Eduardo III, rei de Inglaterra  (1327-1377)

 

Valdemar IV, rei da Dinamarca (1340-1375)

 

Orkhan I, sultão otomano (1326-1359)

Stephan Uros V (1355-1371).

Papa Inocêncio VI (1352-1362)

Carlos IV, do Luxemburgo (1346-1378)

Joana I, rainha de Nápoles (1343-1382)

Frederico III, o Simples (1355-1377), rei de Aragão e da Sicília.

Luís I, o Grande, de Anjou, rei da Hungria (1342-1382)

Casimiro III, o Grande, rei da Polónia (1333-1370)

João V, Imperador do Oriente (1341-1376)

Ivan II, príncipe de Moscovo (1353-1359).

 

 

Carlos II, o Mau, rei de Navarra, evade-se da prisão em Novembro. Aliado a Étienne Marcel, subleva Paris.

Étienne Marcel impõe ao delfim a chamada Grande Ordenação. A cobrança de impostos impõe prévio acordo dos Estados Gerais.

Assassinados dois inquisidores na Provença.

Otomanos de Murad II estabelece-se nos estreitos de Gallipoli. 

 

 Reinado de D. Pedro I

Morte de D. Afonso IV (8 de Maio). Reinado de D. Pedro I*.

Tem como escrivão da puridade Gonçalo Vasques.

Primeira carta de privilégio concedida aos Genoveses em Portugal. (22 de Julho).

Criado o condado de Barcelos em regime de sucessão hereditária (1357-1358). 
 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009