© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1362: Guerra da Dinamarca contra a Hansa

 

 

1358 1359 1360 1361 1362  1363 1364 1365 1366 1367 1368 1369 1370

 

  Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

Guerra da Hansa contra a Dinamarca (1362-1370).

 

João II, le Bon, rei de França (1350-1364)

 

Carlos III, o Mau, rei de Navarra (1349-1387)

 

Eduardo III, rei de Inglaterra  (1327-1377)

 

Valdemar IV, rei da Dinamarca (1340-1375)

Eduardo, Príncipe daa Aquitãnia  (1330-1376)

Dmitri IV, príncipe de Moscovo (1362-1389)

 

Murad I, sultão otomano (1359-1389)

Stephan Uros V (1355-1371)

João V, Imperador do Oriente (1341-1376)

Dmitri III, príncipe de Moscovo (1359-1362)

Dmitri IV, príncipe de Moscovo (1362-1389)

Papa Inocêncio VI (1352-1362)

Papa Urbano V (1362-1370)

Carlos IV, do Luxemburgo (1346-1378)

Joana I, rainha de Nápoles (1343-1382)

Frederico III, o Simples (1355-1377), rei de Aragão e da Sicília.

Luís I, o Grande, de Anjou, rei da Hungria (1342-1382)

Casimiro III, o Grande, rei da Polónia (1333-1370)

.

João de Monfort conquista a Bretanha

Guerra da Hansa contra a Dinamarca (1362-1370). Hansa, aliada à Suécia e aos teutónicos, em guerra com Valdemar IV da Dinamarca.

Eduardo III da Inglaterra transforma a Guiena Principado da Aquitânia (10 de Julho), nomeando como titular, o seu filho, Eduardo, o Príncipe Negro (1330-1376)*.

 

Dmitri IV, príncipe de Moscovo (1362-1389).

 

 

 Reinado de D. Pedro I

Liga entre D. Pedro I e os reis de Castela, Granada e Navarra, contra Pedro IV de  Aragão.

Surge o Convento de N. Senhora da Graça em Lisboa, dos eremitas de Santo Agostinho. 
Papa Urbano V O francês Guilherme de Grimoard França; (1362-1370). Eleito em 28 de Setembro.
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009