© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

1383: D. Beatriz casa com D. João I de Castela

 

D. Leonor Teles

 

 1378 1379 1380 1381 1382 1383  1384 1385 1386 1387 1388 1389 1390

 

Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

 

Carlos VI, le Fou, rei de França (1380-1422)

 

Filipe o Atrevido, duque da Borgonha (1363-1404)

 

Carlos III, o Mau, rei de Navarra (1349-1387)

 

Ricardo II, rei de Inglaterra (1377-1399)

 

Murad I, sultão otomano (1359-1389)

 

Urbano VI (de 8 de Abril de 1378 a 2 de Novembro de 1389). Papa em Roma.

Clemente VII (1378-1394).Papa em Avinhão

Venceslau III (1378-1410). O terceiro Luxemburgo no trono imperial.

Luís I de Anjou, rei de Nápoles e conde da Provença (1382-1384).

Maria da Sicília (1377-1401), rainha de Aragão e da Sicília 

Carlos III de Durazzo, ou Duras, rei de Nápoles (1382-1386), Rei da Hungria (bisneto de Carlos II).

Maria I assume-se rainha da Hungria e da Polónia  (1382-1385, 1386-1395). Casa com o Imperador Segismundo.

João V, imperador do Oriente (1379-1391)

Dmitri Donskoi, grão-duque de Moscovo (1350-1389)

 

Tamerlão atinge o mar Cáspio 

 

 

Imperador Go-Kameyama (1383-1392).

 

 Reinado de D. Fernando I

Pacto de Salvaterra de Magos (2 de Abril). Casamento entre a Infanta Dona Beatriz, então com 14 anos, com João I de Castela, regulando-se também a sucessão das duas Coroas (2 de Abril). Celebram-se os desposórios da Infanta Dona Beatriz com o monarca castelhano. (30 de Abril)

Embaixada de Portugal a Inglaterra, para apresentar as desculpas de D. Fernando pelo casamento de sua filha D Beatriz, com El-Rei de Castela. (Depois de 4 Maio)

Tratado de paz entre D. Fernando e D. João I de Castela, em Elvas (9 de Agosto).

Morte de D. Fernando (22 de Outubro) e regência de D. Leonor Teles*.

 

Interregno

Revolução em Lisboa, liderada pelo burguês Álvaro Pais.

D. João Mestre de Avis mata o Conde Andeiro nos Paços da Rainha (6 de Dezembro).

É nomeado Regedor e Defensor do Reino.

24 homens, dois por cada mester, passam a fazer parte da administração municipal de Lisboa. Origem da Casa dos Vinte e Quatro.

Rebeldes enviam embaixada a Inglaterra, para pedir auxílio (Dezembro).

Enviada uma Embaixada a Inglaterra, para solicitar auxílio contra Castela (Dezembro). 
Eiximenis, Dotzè libro de lo Crestià  
 

 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009