© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1384: Cerco de Lisboa e Atoleiros

 

 

 1378 1379 1380 1381 1382 1383 1384  1385 1386 1387 1388 1389 1390

 

Século XIII  Linha do Tempo    Século XV

  Heduige ou Jadwiga d'Anjou coroada "Rei" da Polónia (desde 15 de Outubro de 1384 a 1399). Desde 1386, governa junto com seu marido, Ladislau II Jagelão

 

Carlos VI, le Fou, rei de França (1380-1422)

 

Filipe o Atrevido, duque da Borgonha (1363-1404)

 

Carlos III, o Mau, rei de Navarra (1349-1387)

 

Ricardo II, rei de Inglaterra (1377-1399)

 

Murad I, sultão otomano (1359-1389)

 

Urbano VI (de 8 de Abril de 1378 a 2 de Novembro de 1389). Papa em Roma.

Clemente VII (1378-1394).Papa em Avinhão

Venceslau III (1378-1410). O terceiro Luxemburgo no trono imperial

Luís I de Anjou, rei de Nápoles e conde da Provença (1382-1384). Luís II de Anjou, rei de Nápoles e conde da Provença (1384-1417)

Maria da Sicília (1377-1401), rainha de Aragão e da Sicília 

Carlos III de Durazzo, ou Duras, rei de Nápoles (1382-1386), Rei da Hungria (bisneto de Carlos II).

Maria I assume-se rainha da Hungria e da Polónia  (1382-1385, 1386-1395). Casa com o Imperador Segismundo.

João V, imperador do Oriente (1379-1391)

Dmitri Donskoi, grão-duque de Moscovo (1350-1389)

Revolta em Liége

Tamerlão chega ao Mar Cáspio.

Morte de Luís I de Anjou.

Luís II de Anjou, rei de Nápoles e conde da Provença (1384-1417). Filho de Luís I de Anjou.

Heduige ou Jadwiga d'Anjou coroada "Rei" da Polónia (desde 15 de Outubro de 1384 a 1399). Desde 1386, governa junto com seu marido, Ladislau II Jagelão, ou Władysław II Jagiełło. Sem filhos.

 

Flandres (em flamengo Vlaaderen; em francês Flandre). A região está actualmente repartida entre a França (capital em Artois) e a Bélgica. Deriva de um antigo condado, fundado por Carlos o Calvo em 862; em 1384 foi integrada no ducado da Borgonha 

 

 Interregno

Invasão de Portugal por D. João I de Castela. Chega a Santarém (12 de Janeiro). Almirante Lançarote Pessanha adere ao partido de D. Leonor, sendo morto quando se dirigia a Odemira, vindo de Beja.

Prisão de D. Leonor Teles

Cerco de Lisboa pelo exército castelhano (desde 8 de Fevereiro).

Batalha dos Atoleiros (6 de Abril). Vitória de D. Nuno Álvares Pereira*.

Plenos poderes dados por D. João aos Embaixadores enviados a Inglaterra para ajustarem um tratado de paz, amizade e confederação com Ricardo II (15 de Abril)

Levantamento do cerco de Lisboa devido a epidemia de peste  (3 de Setembro).  D. João confirmado em reunião de S. Domingos (2 de Outubro).

Carta do Mestre de Avis de 1 de Abril de 1384, onde se impõe que as autoridades municipais de Lisboa sejam obrigadas a decidir em conjunto com uma assembleia de dois homens bons de cada mester.

Moeda desvaloriza cerca de 300% em 1384-1385. 

 

Ibn Khaldun instala-se no Cairo.

Papa Urbano VI é libertado.

 

 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009