© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1419: Descoberta da Madeira e Guerras dos Hussitas

 

 

1408 1409 1410 1411 1412 1413 1414 1415 1416 1417 1418 1419   1420

 

Século XIV  Linha do Tempo    Século XVI

 Carlos VI, le Fou, rei de França (1380-1422)

Henrique V, rei de Inglaterra (1413-1422)

Segismundo I Luxemburgo (1410-1437)

Filipe O Bom (1419-1467), grão duque da Borgonha.

Stefan Lazarevic (1389-1427) da Sérvia

Filippo Maria Visconti, duque de Milão (1412-1447).

Manuel II, Paleológo, imperador do Oriente (1391-1425)

Afonso IV, o Magnânimo, rei de Aragão e da Sicília  (1416-1458)

 

Ingleses conquistam Ruão em Janeiro. Henrique V, senhor da Normandia. O Delfim tenta então aproximar-se de João Sem Medo.

Assassinado João Sem Medo na Ponte de Yonne, em Montereau, Seine-et-Marne, por Tanguy du Châtel (10 de Setembro)*. Uma vingança face aos crimes de 1407.

Filipe O Bom (1419-1467), grão duque da Borgonha.  O novo senhor alia-se a Henrique V.

Guerras dos Hussitas (1419-1436). Manifestação de 30 de Julho que conduz à defenestração de Praga do burgomestre e de 13 senadores, governantes católicos, pelos hussitas (30 de Julho).

João Trosnowa, dito Zizka (Torto), senhor de Praga.

 

 

Borgonha

Com Filipe o Bom, o grão-duque do Ocidente (1419-1467), a corte de Dijon atinge o apogeu, estendendo os seus domínios do mar do Norte à Suiça;  este duque casou-se com D. Isabel, filha do nosso D. João I, em 1430, criando a ordem do Tosão de Ouro, para celebrar a efeméride

 
Reinado de D. João I

Viagem de descoberta da Ilha da Madeira, por Gonçalves Zarco e Vaz Teixeira (2 de Julho). Logo fazem tentativa de povoamento.

Notícias de um viajante persa na China (1419-1422).
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009