© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1463: Sforza domina Génova

 

 

1459 1460 1461 1462 1463   1464 1465 1466 1467 1468 1469 1470

 

  Século XIV  Linha do Tempo    Século XVI

 

Luís XI, rei de França (1461-1483)

Eduardo IV, da casa de Iorque, rei da Inglaterra (1461-1483)

Matias I Corvino, rei da Hungria (1458-1490)

Mehmed II, o Conquistador (1451-1481)

 
Papa Pio II (1458-1464)

João II em Aragão (1458-1479), que já era rei de Navarra

Fernando I (1458-1494), Rei das Duas Sicílias

Frederico III, Habsburgo (1440-1493)

Jorge de Podiebrad, rei da Boémia (1457-1471)

Francisco I Sforza (1401-1466)

Paz entre Frederico III e Matias Corvino.

Morre Alberto da Áustria.

Francisco I Sforza (1401-1466)* passa a dominar Génova, cedida pelo rei de França.

Turcos invadem a Bósnia.

Constituídos os Estados Gerais dos Países Baixos.

 

 

São Marino. Considera-se o Estado mais antigo da Europa; terá sido fundado por Marinus no século XI, tendo-se transformado em república no século XV; em 1463, o Papa reconheceu a autonomia do território; em 1862 foi assinado um tratado com a Itália.

 

 

 Reinado de D. Afonso V

Campanhas de Marrocos (1463-1471). Nova campanha de D. Afonso V, integrando o seu irmão D. Fernando.

Três tentativas falhadas para a conquista de  Tânger.

Feitoria dos tratos de Arguim é transferida de Lagos para Lisboa. 

Pico de Mirandola (1463-1494).

 

Cadamosto regressa a Veneza, onde escreve Navigazione

 

Zurara, Crónica de D. Pedro de Meneses.  
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009