© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1487: Acaba  a Guerra das Duas Rosas

 

 

1479 1480 1481 1482 1483 1484 1485 1486 1487   1488 1489 1490

 

Século XIV  Linha do Tempo    Século XVI

 Carlos VIII, rei de França (1483-1498)

Henrique VII, Tudor, rei de Inglaterra (1485-1509)

Isabel I de Castela  (1474-1504)

 

Frederico III, Habsburgo (1440-1493). Co-regência de Maximiliano I Habsburgo (1486-1519)

 

Matias I Corvino, rei da Hungria (1458-1490)

 

Bayezid II  (1481-1512)

 
Papa  Inocêncio VIII  (1484-1492)

Fernando I (1458-1494), Rei das Duas Sicílias

Batalha de Stoke Field, acaba com a Guerra das Duas Rosas, com a vitória de Henrique VII sobre o partido de Iorque (16 de Junho).

Os Fugger garantem o controlo das minas de prata do Tirol. Tornam-se os financiadores do Imperador. Dominam também as minas da Turíngia e da Hungria.

Reconquista cristã de Málaga e Almeria.

 

Provença (Provence). Foi apenas em 1487 que a Provença se integrou na monarquia francesa, mantendo, contudo, ampla autonomia; em 1639 foram convocados pela última vez os états; em 1673 passou a ser governada por intendentes. Durante a Idade Média a Provença constituía um condado sujeito à suserania do Sacro-Império; a partir de 1115 passou a viver em regime de união pessoal com o condado de Barcelona, apesar de, entre 1125 e 1209, dele se ter destacado uma parcela que foi gerida pelo conde de Toulouse; é nesse século XII que emergem as autonomias comunais, o regime dos consulados que se estenderam às principais cidades, como Arles, Avinhão, Nice, Tarascon e Marselha;  em 1246 foi feito conde da Provença, um irmão do rei de França, Carlos de Anjou, Carlos  I (1246-1245) que fez participar o condado nas aventuras italianas dos angevinos; em 1482 já as cortes provençais elegiam o rei de França como conde da Provença. 

 

 Reinado de D. João II

Viagem por terra à Índia por Afonso Paiva e Pêro da Covilhã. Partem em 7 de Maio.

Viagem de exploração ao interior de África por Gonçalo Eanes e Pêro de Évora. Atingem Tombuctu e Tucurol.

Mem Rodrigues e Pedro de Atouguia procuram o Prestes João em Tamala dos Fulos.

Pragmática proibindo o uso de sedas e brocados.

D. João II desiste do Beneplácito Régio

Começa a viagem de Bartolomeu Dias. Morrerá em 1500.

Carta régia 20 de Abril de 1487 determina que, en todas as cidades, vilas e lugares, se estabeleçam taxas sobre os ofícios e artes mecânicas.

Impressão do Pentateuco, pelos Judeus portugueses em Faro, na oficina de Samuel Gacon.

Papa condena Pico de la Mirandola*  

1479 1480 1481 1482 1483 1484 1485 1486 1487   1488 1489 1490

 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009