© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1617: Paz entre a Rússia e a Suécia

 

 

1611 1612 1613 1614 1615 1616 1617   1618 1619

 

Século XVI  Linha do Tempo Século XVIII

 

 Luís XIII, rei de França

 

Jaime Stuart, como Jaime I, rei de Inglaterra (1603-1625)

 

Imperador Matias (1612-1619)

 
 

Guerra dos russos contra os suecos. Armisticio de 1617, pela Paz de Stolbova. Gustavo II Adolfo obtém a Íngria, a Estónia e a Carélia Oriental.

Fernando II da Estíria*, rei da Boémia. Sucede ao primo, Matias, como rei da Boémia (1617). Será rei da Hungria em 1618 e imperador em 1619. Neto do Imperador Fernando I.

Tratado de Pavia entre a Espanha e a Sabóia. 

 Reinado de Filipe III (II)

Expulsão dos Portugueses do Japão pelos holandeses.

Degolado em Omura, no Japão, o padre João Baptista Machado de Távora (22 de Maio). Beatificado em 1867.

Assalto mouro à ilha de Porto Santo. Quase toda a população é feita cativa.

Fixação dos portugueses em Benguela. Fundação de S. Filipe de Benguela por Manuel Cerveira Pereira.

Conde do Redondo no governo da Índia (1617-1619). 
Murillo (1617-1682)

 

Kassel, A Fama da Ordem Rosacruz

Catolicismo é proibido na Suécia.

Althusius chefe da igreja de Emden.

Francisco Suarez morre em Lisboa (25 de Setembro). Sepultado na Igreja de S. Roque.  
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009