© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1649: Carlos I decapitado

 

 

1638 1639 1640 1641 1642 1643 1644 1645 1646 1647 1648 1649   1650

 

   Século XVI Linha do Tempo Século XVIII

 

 Luís XIV, rei de França

 

Carlos I, Stuart (1625-1649)

 

Oliver Cromwell, na Inglaterra

 

Imperador Fernando III (1637-1657)

 
 

Descartes vai para a Suécia, a convite da Rainha Cristina e por instâncias do embaixador Hector Pierre Chanut.

 

 

Carlos I é decapitado (9 de Fevereiro), como tirano, traidor, assassino e inimigo do povo. Institui-se uma free Commonwealth, ou Commonwealth of England, que vai durar onze anos. Era Hobbes a mandar.

Oliver Cromwell*, nomeado comandante supremo do exército (30 de Março) vence a batalha de Wexford na Irlanda (11 de Outubro). Segue-se sangrenta repressão com milhares de mortos. Massacre de Dogheda (11 de Setembro).

Paz de Rueil de 11 de Março acaba com a primeira guerra das frondas, a fronda parlamentar, depois de Condé, ainda do lado da Corte, cercar Paris.

Regresso da Corte a Paris  (18 de Agosto). O rei, a rainha e Mazarin tinham fugido de Paris em 6 de Janeiro, instalando-se em Saint-Germain.

Primeiro código escrito da Rússia reforçando a servidão.

 

 

Guerra da França contra a Espanha (1648-1659) A Espanha retirou-se do sistema da Paz de Vestefália e prosseguiu a guerra com a França. Esta nova guerra termina com o Tratado dos Pirinéus de 1659, produzindo cerca de cem mil mortos. A França anexa  a Alsácia, sem Estrasburgo, o Rossilhão, o Artois e várias praças da Flandres; fim da preponderância espanhola e começo da hegemonia francesa na Europa 

 Reinado de D. João IV

Cortes de Tomar.

Lei que suprime o confisco de bens aos cristãos-novos.

Criada a Junta do Comércio.

Instituída a Companhia Geral do Comércio para o Brasil (10 de Março). Parte de Lisboa esquadra comandada pelo conde de Castelo melhor e pelo almirante Pedro Jacques de Magalhães.

Francisco Barreto de Meneses vence os holandeses numa segunda batalha de Guararapes em 19 de Fevereiro.

Refugiam-se no Tejo os príncipes carlistas ingleses Rupert e Maurício. (30 de Novembro). O apoio prestado irrita Cromwell.

O diplomata Soares de Abreu assina em Compiègne, com a França, um acordo a favor de D. Duarte, irmão de D. João IV. (7 de Julho)

Artigos e condições de Tratado de Paris entre o Infante D. Duarte, irmão de D. João IV, e Luís XIV, para se obter a liberdade do primeiro (2 de Setembro)

 

 
Sebastião César de Meneses, Summa Política, Oferecida Ao Príncipe D. Teodósio, Lisboa.

 

John Milton, Eiconoclastes.

 

Descartes, Traité des Passions de l’Âme.

 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009