© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1725: Morte de Pedro o Grande

 

Catarina I da Rússia 

1720 1721 1722 1723 1724 1725   1726 1727 1728 1729 1730

  Século XVI  Linha do Tempo

 

Luís XV, rei de França

 

Jorge I (1714-1727), rei britânico

Filipe V, Bourbon, rei de Espanha (1700-1724 e 1724-1746)

Imperador Carlos VI (1711-1740)

 
 

Morte de Pedro o Grande (8 de Fevereiro), mas sem inf1dicar sucessor, conforme a lei de 1722.

A última mulher, Catarina I sucede-lhe (1725-1727)*, com a ajuda do ministro Mentchikov.  Declara-se imperatriz através de um golpe militar. Era uma lituana, de nome Marta, que começara como concubina da oficialidade.

 

 

Tratado de Viena entre o imperador Carlos V e o rei Filipe V de Espanha (30 de Abril).

 

 

Tratado de Hanôver entre a Grã-Bretanha, a França e a Prússia (3 de Setembro).

 

Rei de França, Luís XV, casa como Maria Leczinska (5 de Setembro). 

 Reinado de D. João V

 

Corte de relações entre Portugal e a França (Janeiro). Ficam interrompidas durante 14 anos.

Parte de Lisboa a embaixada à China chefiada por Alexandre Metello de Sousa e Menezes (12 de Abril)

Instruções dadas a José da Cunha Brochado para ajustar com Espanha uma liga ofensiva e defensiva (24 de Maio)

Tratado de Santo Ildefonso - Artigos preliminares para o tratado matrimonial do príncipe D. José com Dona Mariana Victória de Bourbon, filha de Filipe V de Espanha (13 de Outubro).

 

 

Descoberta de uma grande jazida de diamantes em Cerro Frio, no Brasil.

Investidas mouras contra Mazagão, praça defendida por D. Manuel de Azevedo (Julho e Dezembro). 
Giambattista Vico, Prinzipi Di Una Scienza Nuova Intorno Alla Commune Natura Delle Nazione, Nápoles.

 

 

Padre António Pereira de Figueiredo (1725-1797).

 

 

Vivaldi, As Quatro Estações   
© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:05-03-2009