© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

580-589: Acaba a fragmentação da China e reinado de Recaredo

 

 

550-559   560-569   570-579  580-589    590-599

 

Séculos I a V  Linha do Tempo   Século XI  

   
Acaba a fragmentação da China que data de 304. Yang-Kien unifica os territórios da China (581).

Dinastia Suei, ou Sui, na China (581-618). Retoma-se a expansão chinesa na Ásia Central e na Indochina, atingindo-se o Vietname do Sul (589).

Maurício I Tibério, imperador do Oriente (582-602). Oriundo da Capadócia.

Clotário II, rei da Nêustria (584-628). Volta a reunir a monarquia em 613.

Francos Austrasianos atacam os Lombardos em Itália (584-590). Estes passam a reconhecer-lhes a supremacia, pagando-lhes tributos. Restabelecida a realeza Lombarda com Authari (584).

Gregório de Tours negoceia com Chilperico, rei da Austrásia, o Tratdo de Andelot (587).

Gascões instalam-se na Aquitânia (587).

 

Sublevação de Hermenegildo (580)

Sínodo visigótico dos bispos arianos (580).

Leovigildo conquista Córdova e Málaga aos Bizantinos (583).

Rei suevo Eborico (583-584). O último será Andeca (584-55).

Visigodos anexam o reino suevo, pela conquista de Braga (585). Rápida assimilação dos Suevos.

Recaredo*, rei dos visigodos (586-601)

Martírio de Hermenegildo, irmão de Recaredo (586)

III Concílio de Toledo. Visigodos convertem-se oficialmente ao catolicismo (começa em 4 de Maio de 589). Influência de S. Leandro junto de Recaredo. Reunião de 62 bispos, sob a presidência de Massona, metropolita de Mérida. Estavam presentes oito prelados arianos, incluindo os de Viseu e do Porto.

 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009