© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

       

730-739: Batalhas de Tours e Poitiers, o nascimento dos europeus. Budismo no Japão

 

 

700-709 710-719  720-729 730-739   740-749 750-769 760-769 770-779 780-789 790-799 

 

Séculos I a V  Linha do Tempo   Século XI

   
Concílio bizantino interdita o culto das imagens. Agrava-se a questão iconoclasta (730).

Na China, idade de ouro do período Tang (734).

Missões de cristianização de monges anglo-saxões na Frísia e na Germânia (735-751).

Hiuan-Tsong expulsa os muçulmanos de Cachegar (736).

Tibetanos ocupam Cachemira (736).

O budismo passa a ser religião oficial no Japão (737).

Carlos Martel deixa vago o trono merovíngio (737).

Batalha de Acrónio (739). Leão III derrota os Árabes.

Cerco de Roma pelos lombardos (739). 
Os Árabes, quando tentam penetrar no reino dos francos, na Aquitânia, são derrotados por Carlos Martel (714-741) em Tours (10 de Outubro de 732) e Poitiers (732).

Árabes ocupam Bordéus (732)

Favila, rei das Astúrias (737-739)

Afonso I, El Catolico, rei das Astúrias (739-757). Actua no vale de Douro, na Galiza e no Alto Ebro. Repovoamento do litoral da Galiza.

 

 
Alcuíno (730-804).

Concílio bizantino interdita o culto das imagens. Agrava-se a questão iconoclasta (730).

Leão III depõe o patriarca Germano (730).

 

Papa S. Gregório III, da Síria (731-741). Alia-se aos francos contra os lombardos. Começa por condenar as medidas iconoclastas, excomugando o Imperador (731). Imperador Isáurio chega a mandar uma esquadra contra Roma, mas esta afunda-se no Mar Adriático. Abranda, então a perseguição iconoclasta.

Criada a universidade de Tunis (732)

Iorque torna-se na metrópole do norte da Gra-Bretanha, quando já estão convertidos quase todos os reinos de anglos e saxões (735).

 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009