© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

 

 

930-939: Ramiro II e Otão I

 

 

890-899 900-909 910-919 920-929 930-939  940-949 950-959 960-969 970-979 980-989 990-999 1000-1009

 

  Séculos I a V  Linha do Tempo   Século XI

  Califa Abd-er-Rahman III ou Abderramão III Anácir (912-961) 
Revolta em Roma contra os Papas. Senador Albérico assume-se como Princeps ac senator omnium Romanorum (932-954). Filho de Marozia, amante de um papa e mãe de outra. Albérico consegue uma série de papas dóceis, tirando-lhes todo o poder temporal.

Henrique I da Alemanha vence os Húngaros em Unstrut (933)

Surge o  reino da Borgonha (933). Reflexo da dissolução do centro do império carolíngio.

Húngaros invadem o norte de Itália e a Borgonha (935).

A dinastia Koryo submete o reino de Silla e unifica a Coreia (935-936).

 

Otão I, o Grande*. Rei alemão desde 936, até 973. Filho de Henrique I. Pai de Otão II. Sagrado rei em Aix-la-Chapelle, retomando a tradição carolíngia. Todos os duques alemães lhe juram vassalagem.

Apoiado pela Igreja, tem de enfrentar importantes revoltas feudais.

O reino estava ameaçado por húngaros e eslavos.

Luís IV, rei de França (936-954).

Húngaros atacam a Alemanha, a França e a Itália, chegando a Roma (937)

Revolta feudal contra Otão I, levada a cabo pelo seu irmão, Henrique, e plo duque Eberhard da Francónia (938).

Otão I vence revolta de senhores feudais em Andernach (939).

Abu Tahir conquista Meca (930). 
Fernán González (930-970)

Ramiro II (931-951) lança ofensiva contra os Árabes (939).

Garcia Sanchez I (931-970), rei de Navarra.

Tomada de Toledo por Abderramão III (932)

Derrota dos exércitos omíadas em Simancas e Alhandega (939). 
Papa João XI, italiano (931-935).

 

Papa Leão VII ((936-939).

 

Vida do Almançor (938-1002),  Muḥammad Abū Āmir

 

Papa Estevão VIII ((939-942). 
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009