1946

 

Encontros Internacionais de Genebra



 

A procura do Espírito Europeu

 

Em 1946, o Espírito Europeu; 1947, Progresso Técnico e Progresso Moral;1948, Debate sobre a Arte Contemporânea;1949, Para um Novo Humanismo;1950, os Direitos do Espírito e as Exigências Sociais;1951, O Conhecimento do Homem no Século XX; 1952, O Homem Perante a Ciência;1953, A Angústia do Tempo Presente e os Deveres do Espírito;1954, O Novo Mundo e a Europa;1955, Está a Cultura em perigo?;1956, Tradição e Inovação;1957, A Europa e o Mundo de Hoje;1958, O Homem e o Átomo; 1959, O Trabalho e o Homem; 1960, a Fome;1961, As Condições da Felicidade;1962, A Vida e o tempo; 1963, Diálogo ou Violência?;1964, Como Viver Amanhã?;1965, O "Robot", o Animal e o Homem.

Em Outubro de 1953, o Conselho da Europa reunia uma Mesa Redonda para onde convidava sete pensadores. Da Suíça, veio Denis de Rougemont; Alcide de Gasperi, Eelco van Kleffens, Eugen Kogon, Einar Lofstedt, Robert Schuman e Arnold Toynbee.

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: