1948

 

Maio
O Congresso da Europa

 


 

Luigi Einaudi é eleito presidente da república em Itália (2 de Maio)

Decorre em Haia o Congresso da Europa (7 a 10 de Maio)

Eleições na Coreia do Sul (10 de Maio)

África do Sul: o nacionalista Malan constitui novo governo, iniciando-se a era do apartheid(26 de Maio)

URSS acusa Tito de traição (17 de Maio)

Eleições na Checoslováquia com lista única (30 de Maio)

Comité executivo judaico, através de Ben Gurion, proclama a independência de Israel (14 de Maio). No dia seguinte, termina o mandato britânico na Palestina. Os Estados Unidos reconhecem de facto o novo Estado e os países árabes desencadeiam uma ofensiva militar contra esta nova realidade política. No dia 20 de Maio, a ONU nomeai o sueco conde Bernadotte como mediador do conflito.

A independência de Israel, proclamada unilateralmente pelo Conselho Nacional Judaico provoca imediatamente uma guerra com os países árabes vizinhos, que dura até finais de 1949. O novo Estado vai ser dirigido por David Ben Gurion (1886-1973), importante dirigente da Haganah e agora do Mapai, presidente do conselho de 1948 a 1953 e de 1955 a 1963. Imediatamente os Estados árabes vizinhos desencadeiam uma guerra (15-05-1948) que apenas termina a partir de 24-02-1949, depois do armistício com o Egipto.

A partida das tropas britânicas estava, de há muito, prevista para 15 de Maio, pelo que recrudesceram os actos terroristas de judeus e árabes, com os primeiros a destruírem à bomba o quartel general do Grande Muphti (06-01-1948), matando meio milhar de pessoas. Entretanto, mobilizando um exército de 40 000 homens tratam de conquistar o porto de Haifa (23-04-1948). Os árabes respondem com 150 blindados líbios e sírios a entrarem no norte, 15 000 homens da Legião Árabe, pelo leste, e 10 000 soldados egípcios pelo sul.

O novo Estado vai ter outros chefes de governo Moshe Sharett (1953-1955), Lévi Eskhol (1963-1968) e Golda Meir (1969-1974) e o Mapai tem em 1965 uma dissidência, liderada por Ben Gurion, a qual dura até Janeiro de 1968, quando Golda Meir consegue congregar os dois grupos no actual Partido Trabalhista.

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

© José Adelino Maltez, História do Presente. Última revisão em: 04-08-2006        

 

 

 

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: