1949
 

Julho
Papa contra os comunistas e gaullistas defensores da aproximação franco-alemã

 

 

Greve dos dockers no Reino Unido; decretado o estado de urgência (11 de Julho)

Vaticano: decreto do Santo Ofício condena a colaboração dos católicos com os comunistas (13 de Julho)

China: governo dos chamados nacionalistas instala-se na Formosa (18 de Julho)

Jugoslávia deixa de apoiar os rebeldes comunistas gregos (24 de Julho). Tito pede um empréstimo aos Estados Unidos e no mês seguinte faz um acordo com a Itália, oq eu leva a URSS a considerar que Tito deixou de ser um aliado.

França: O gaullista general Koenig* declara que a aproximação franco-alemã é uma necessidade (26 de Julho)

Assembleia Nacional francesa ratifica o Pacto do Atlântico (27 de Julho)

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

 Ver síntese do ano

© José Adelino Maltez, História do Presente. Última revisão em: 31-03-2009         

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 31-03-2009