1965
 

Janeiro
Strauss ou o gaullismo alemão e a grande sociedade de Johnson

 

 

Reatado o conflito entre a China e a Índia (1 de Janeiro)

EUA: Lyndon B. Johnson, toma posse (21 de Janeiro). Defende um programa dito de grande sociedade. Escalada norte-americana na guerra do Vietname. Ho Chi Minh e o nacional-comunismo vietnamita enfrentam agora Washington, depois de terem resistido a Paris.

A Indonésia de Sukarno é o primeiro Estado a abandonar a ONU (21 de Janeiro). Protesta contra a admisão da Malásia. Jacarta ali-se a Pequim e malaios pedem ajuda britânica, invocando agressões indonésias.

Reino Unido: morte de Churchill (24 de Janeiro)

Lyssenko exonerado do cargo de director do Instituto de Genética da URSS (27 de Janeiro)

Reduzidos os direitos aduaneiros sobre os produtos agrícolas e industriais em 10% (1 de Janeiro)

Constituído o grupo gaullista no Parlamento Europeu; era então constituído por dezassete deputados, passando a ser o único grupo uni-nacional que toma o nome de União Democrática Europeia (20 de Janeiro)

Franz Joseph Strauss declara que uma política europeia não é possível sem a França, depois de uma visita de Wilson a Bona (21 de Janeiro)

Assembleia consultiva do Conselho da Europa adopta uma recomendação sobre a união política, apelando à abertura de negociações entre o Conselho da Europa, a EFTA e as Comunidades (26 de Janeiro)

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: