1968
 

Julho
A ilusão de um autoritarismo modernizante e laicista no mundo árabe

 

 

60 Estados assinam em Londres tratado sobre a não proliferação de armas nucleares proposto por americanos e soviéticos (1 de Julho). Os Estados, não possuidores de armas nucleares até1967, não permitem que os outros delas possam dispor.

Cinco partidos comunistas da Europa Ocidental condenam a experiência checa (14 de Julho)

Golpe militar no Iraque levado a cabo pela ala direita do Baas; sobe ao poder Hassan el-Bakr e Saddam Hussein (17 de Julho). Este novo golpe baasista afasta do poder Abdel Rahman Aref que, em Abril de 1966, havia substituído o irmão, promotor do golpe de 1963, que entretanto havia falecido num acidente aéreo. O novo regime, que institui um Conselho da Revolução, tem como número dois, Saddam Hussein, e vai nacionalizar, em Junho de 1972, a Iraq Petroleum.

Encontro de Johnson e Van Thieu em Honolulu (20 de Julho)

Realização da união aduaneira na CEE: eliminação total dos direitos aduaneiros para os produtos industriais e para a maior parte dos produtos agrícolas não incluídos em organizações comun de mercado; aplicação de uma taxa aduaneira comum (1 de Julho)

Regulamento e directivas sobre a liberdade de circulação de trabalhadores (29 de Julho)

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: