1969
 

Fevereiro
A misteriosa morte de Mondlane

 

Moçambique: assassinato de Eduardo Mondlane*, presidente da FRELIMO (Fevereiro)

Palestina: Arafat torna-se presidente do conselho executivo da OLP (4 de Fevereiro). Até então o rei Hussein da Jordânia assumia-se como porta-voz da causa palestiniana. Surgem assim tensões graves entre o rei e a OLP que passaram a confrontos sangrentos, até que em Setembro de 197o, a organização se transferiu para Beirute.

Morte de Karl Jaspers* (26 de Fevereiro)

De Gaulle anuncia referendo sobre a regionalização e a reforma do Senado (2 de Fevereiro)

França abandona o Conselho da UEO (17 de Fevereiro)

CEE: Memorando da Comissão sobre a União Económica e Monetária (12 de Fevereiro)

Salazar sai do Hospital da Cruz Vermelha, instalando-se na residência oficial na Rua da Imprensa, junto ao palácio de S. Bento, onde tem a ilusão de continuar a ser presidente do conselho (5 de Fevereiro). Faz oitenta anos, em 27 de Abril, e tem uma patética intervenção na RTP. Concede entrevista a Roland Faure do jornal L’Aurore, em 6 de Setembro, onde ainda julga, ou finge, ser Presidente do Conselho, achando que Marcello Caetano está a dar aulas na Faculdade de Direito de Lisboa: gosta do poder, não para obter benefícios pessoais, pois é muito honesto, mas gosta do poder pelo poder. Segundo Marcelo Rebelo de Sousa, preferia, talvez, fingir e deixar os interlocutores fingirem também.

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: