1970
 

Março
Ostpolitik e plano Werner

 

 

Entra em vigor tratado de não proliferação das armas nucleares (5 de Março)

Socialistas de Bruno Kreisky vencem eleições na Áustria (1 de Março). Em Maio, toma posse um governo de minoria, socialista. Kreiksky será chanceler até 1983.

Rodésia transforma-se em República (2 de Março)


 

Conservadores vencem eleições na Finlândia e acabam com a maioria socialista que estava no poder desde 1966 (15 de Março)

Alemanha: conversações entre Brandt e Stoph em Erfurt, na RDA (19 de Março). Começa o "forte aperto de mão" da Ostpolitik, sem quaisquer resultados em termos de medidas, mas com uma forte carga simbólica, apesar de significar a aceitação do statu quo .

Tropas do Vietname do Sul invadem o Cambodja (20 de Março). Dois dias antes tinha sido demitido Shianuk da chefia do governo.

Continua a crise para a formação de novo governo italiano. Volta o convite a Mariano Rumor, depois de Aldo Moro declinar a tarefa (20 de Março)

Conselho europeu atribui a Pierre Werner*, chefe do governo e ministro das finaças do Luxembro, a tarefa de coordenar a elaboração de um relatório sobre a união monetária (6 de Março)

Arantes e Oliveira, governador de Moçambique (1 de Março). Kaúlza de Arriaga, em Março, é nomeado comandante-chefe e lança no território, em Junho, a operação Nó Górdio.

 

 
Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: