1972
 

Julho
Cairo contra Moscovo e afastamento de Chaban-Delmas

 

 

Chaban Delmas é substituído por Pierre Messmer à frente do governo francês; Giscard na economia e finanças e Debré na defesa ( 5 de Julho).

Maurice Schuman em Pequim(Julho)

Acordo formal entre as duas Coreias põe fim ao estado de beligerância (4 de Julho)

Expulsão dos conselheiros soviéticos do Egipto (18 de Julho)

Sadat nacionaliza toas as instalações e equipamentos militares soviéticas estabelecidas no Egipto (25 de Julho)

Pequim anuncia a morte de Lin Piao (28 de Julho)

Os Países Baixos assumem a Presidência do Conselho das Comunidades Europeias.

Parlamento britânico aprova a adesão à CEE por 301-284 (13 de Julho).

Acordos criam uma zona de comércio livre industrial entre a CEE e os Estados Membros da EFTA (22 de Julho)

Giscard d’Estaing, então ministro francês das finanças, visita Lisboa (dias 10 e 11 de Julho).

Acordo de Portugal com a CEE (22 de Julho).

Reúne o colégio eleitoral que reelege Tomás. Há 29 listas nulas e 616 votos a favor. No mesmo dia, Mário Soares dá conferência de imprensa na Casa dos Comuns, promovida pelos trabalhistas (25 de Julho).

Colóquio da SEDES sobre Portugal e a Europa, moderado por João Salgueiro, com José Manuel de Melo, Eugénio Mota e José da Silva Lopes. Presentes cerca de 400 pessoas (25 de Julho).

Brigadas Revolucionárias distribuem petardos contra a eleição presidencial (Julho).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: