1973
 

Janeiro
Cessar-fogo no Vietname e assassinato de Amílcar Cabral

 

 

Novo governo de coligação na Bélgica, presidido por Edmond Leburton (Janeiro)

Pompidou na URSS (11 de Janeiro)

Acordo de cessar fogo entre os EUA e o Vietname do Norte é assinado em Paris (27 de Janeiro)

Entra em vigor o tratado de adesão da Dinamarca, Irlanda e Reino Unido; aplicação de uma política comum da CEE com o Leste, no âmbito da competência exclusiva da Comunidade em matéria de política comercial comum (1 de Janeiro)

Continua a Vigília da Capela do Rato. Católicos progressistas e cristãos pelo socialismo e pela revolução apoiam a justa luta dos povos das colónias. 70 detidos (1 de Janeiro).

Vários funcionários públicos implicados nos incidentes são suspensos (10 de Janeiro).

Afastado o responsável pela capela, Padre Alberto Neto. Miller Guerra interpela o governo sobre o caso na Assembleia Nacional (23 de Janeiro).

Expresso – Surge o primeiro número do semanário Expresso (6 de Janeiro), dirigido por Francisco Pinto Balsemão, detentor de 50% do capital social, o ex-deputado liberal da União Nacional, que havia sido colaborador directo de Soarez Martinez, como secretário, de Kaúlza de Arriaga, como director da revista Mais Alto da Força Aérea, de 1961 a1963, e de Adriano Moreira, como colaborador da Academia Internacional da Cultura Portuguesa. Tem a ajuda de Marcelo Rebelo de Sousa, como administrador-delegado, o apoio do escritório de André Gonçalves Pereira e é financiado por Manuel Bulhosa, Vasco Vieira de Almeida e Sociedade Central de Cervejas. A primeira manchete traz uma sondagem onde se revela que 63 por cento dos portugueses nunca votaram. Um dos principais colaboradores é Francisco Sá Carneiro, que também participa num colóquio da SEDES sobre Lisboa: monopólio da participação política, juntamente com Marcelo Rebelo de Sousa e Rui Vilar (15 de Janeiro), pouco antes de apresentar formalmente a renúncia ao cargo de deputado (26 de Janeiro).

Guerra colonial – Assassinato de Amílcar Cabral em Conakry (20 de Janeiro).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro
    Portugal

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: