1978
 

Novembro
Suicídio de seita na Guiana

 

Suicídio colectivo na Guiana de 900 membros da seita "Templo do Povo", fundada por Jim Jones (18 de Novembro)

Tratado de Aliança entre a Etiópia e a URSS assinado em Moscovo (20 de Novembro)

Governo nº 113 de Mota Pinto – II Governo Presidencial, desde 22 de Novembro, 253 dias, sob a liderança de um ex-PPD, crítico de Sá Caneiro, que Mário Soares fez ministro do comércio e turismo. O PS logo o saudou como o mais conservador depois do 25 de Abril.

Entre os ministros: Manuel Jacinto Nunes (vice-primeiro ministro para os assuntos económicos e integração europeia), Álvaro Monjardino (ministro adjunto), Loureiro dos Santos (defesa nacional), Gonçalves Ribeiro (administração interna), Eduardo Correia (justiça), Freitas Cruz (negócios estrangeiros), Vaz Portugal (agricultura e pescas), Álvaro Barreto (indústria e tecnologia), Abel Repolho Correia (comércio e turismo), Eusébio Marques de Carvalho (trabalho), Valente de Oliveira (educação, culura e investigação científica), Acácio Pereira Magro (assuntos sociais), Marques da Costa (transportes e comunicações), Almeida Pina (habitação e obras públicas) e Daniel Proença de Carvalho (comunicação social).

 

Ver síntese do ano

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: