1983
 

Dezembro
Democracia na Argentina e golpe na Nigéria

 


 

Raul Alfonsin assume as funções de presidente da Argentina (25 de Dezembro)

URSS: Gorbatchev participa no Porto no X Congresso do PCP (18 de Dezembro)

Morre o pintor catalão Joan Miró* (25 de Dezembro)

EUA retiram-se da UNESCO, protestando contra a deriva esquerdista e a má gestão (28 de Dezembro). Uma decisão provisória que vem a ser confirmada em 19 de Dezembro de 1984

Golpe militar na Nigéria (31 de Dezembro)

Prosseguem confrontos na Rodésia entre a ZANU de Robert Mugabe e a ZAPU de Joshua Nkomo.

Começa a revolta dos cristãos do Sul do Sudão contra a aplicação da lei islâmica. Criado um Movimento de Libertação do Povo Sudanês.

O Conselho Europeu reúne-se em Atenas. Emite pareceres sobre o futuro financiamento da Comissão, os desequilíbrios orçamentais, a adaptação da Política Agrícola Comum (PAC), o reforço dos Fundos Estruturais e o desenvolvimento de novas políticas comunitárias (4 a 6 de Dezembro)

O Conselho chega a um acordo global sobre a política comum da pesca (14 de Dezembro)

Soviéticos – Gorbatchev participa no Porto no X Congresso do PCP. Excluído o apoio do partido a uma eventual candidatura de Mário Soares à presidência da República (18 de Dezembro).

Cavaco Silva declara que o imposto de 2,8% deve ser o imposto mais inequitativo que foi lançado em Portugal nos últimos 50 anos (21 de Dezembro)

Demitido o ministro da qualidade de vida, Francisco Sousa Tavares (2 de Dezembro de 1983)

Tollan sai do Terreiro do Paço O navio Tollan depois de várias tentativas é virado e afastado do Terreiro do Paço (2 de Dezembro de 1983).

Criação da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento, uma forma de institucionalização do sistema de ajudas norte-americanas a Portugal. O novo organismo há-de vir a ser presidido por Rui Machete (13 de Dezembro de 1983)

 

Salazar Braga novo CEME (17 de Dezembro de 1983)

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: