1986

Soares eleito presidente

Cosmopolis

© José Adelino Maltez, História do Presente, 2006

1986

 

Europa connosco – Portugal e Espanha entram nas Comunidades Europeias (1 de Janeiro). Assinatura do Acto Único Europeu que entrará em vigor em 1 de Julho de 1987 (17 de Fevereiro - no Luxemburgo - e 28 de Fevereiro de 1986 - em Haia)

 

e pelo CDS. Na primeira volta, em 26 de Janeiro: Freitas do Amaral, 46, 315% (apoio do PSD e do CDS); Mário Soares, 25,43% (apoio do PS); Salgado Zenhaö , 20, 88% (apoio do PRD e do PCP); Maria de Lurdes Pintasilgo, 7, 38%. Na segunda volta, em 16 de Fevereiro: Mário Soares, 51, 18%; Freitas do Amaral, 48, 82%. Congresso extraordinário do PCP decide apoiar Mário Soares (2 de Fevereiro).

Presidência aberta – Mário Soares inicia as campanhas da presidência aberta em Guimarães, inaugurando um novo estilo de presidência (15 de Setembro).

Greves e turbulências – Chegam a Lisboa os refugiados portugueses do Zaire (20 de Março). Motim na prisão de Vale dos Judeus (23 de Março). Acidente ferroviário na Póvoa de Santa Iria provoca 19 mortos (5 de Maio). Começa um conflito interno na selecção portuguesa de futebol, no campeonato mundial do México, no chamado caso Saltillo (11 de Maio). Morrem quinze bombeiros num ataque a um incêndio, na serra do Caramulo (14 de Junho). Lisboa fica sem abastecimento de gás durante quatro dias, devido a uma greve (16 de Junho). Espectacular evasão da cadeia de Pinheiro da Cruz dos cadastrados irmãos Cavaco (28 de Julho).

Terrorismo – Novo assassinato terrorista FP25 liquidam o Director-Geral dos Serviços Prisionais, Gaspar Castelo Branco (15 de Fevereiro). Começa em Monsanto o julgamento das FP-25. Otelo está entre os arguidos (3 de Outubro).

Reformas e ilusões – Serviço militar obrigatório é reduzido para doze meses (16 de Janeiro de 1986). No hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, realiza-se a primeira transplantação cardíaca (18 de Fevereiro). Nasce em Lisboa o primeiro bébé-proveta português (24 de Fevereiro). Termina o regime do papel selado (1 de Abril). Aprovada a nova Lei da Rádio, visando disciplinar as chamadas rádios-piratas (27 de Maio). O Conselho de Concertação Social consegue um acordo sobre rendimentos e preços, entre os vários parceiros sociais, de que apenas se exclui a Intersindical (29 de Julho). A atleta portuguesa Rosa Mota consagra-se campeã europeia da Maratona, em Estugarda (26 de Agosto). Inicia-se com grande espectacularidade o programa de saneamento das praias, com demolições de casas clandestinas na serra da Arábida (14 de Outubro). Cimeira Ibérica em Guimarães reúne Cavaco Silva e Felipe González (24 de Outubro).

Partidos – Congresso do Partido Socialista. Vítor Constâncio assume o cargo de secretário-geral (20 de Junho). Ramalho Eanes assume a presidência do PRD (19 de Outubro) MDP abandona a APU (8 de Novembro).

Pessoa, Fernando (1978): 298, 299

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: