1989
 

As revoluções anticomunistas

 

Na Checoslováquia, aquele dissidente que, em 16 de Janeiro ainda havia sido preso, Vaclav Havel, depois da Revolução de Veludo, passou a Presidente da República, acompanhado pelo líder da primavera de Praga, Alexander Dubcek, como presidente do Parlamento (24 de Novembro)

Na Roménia, depois dos confrontos em Timisoara, em 16 de Dezembro, desencadeava-se a revolta que levou ao sangrento derrube de Ceausescu, em 21 de Dezembro.

Os problemas europeus ultrapassavam em muito as questões da União Económica e Monetária e Mitterrand tentava acompanhar o ritmo, propondo em Dezembro uma confederação europeia, incluindo a URSS.

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: