1990
 

Maio
Iliescu vence na Roménia e Ieltsine na Rússia

 

 

Multipartidarismo na Costa do Marfim (3 de Maio)

Depois das vigorosas manifestações contra a poll tax (31 de Março de 1990), um imposto locall, pago por casa, conforme o seu tamanho e conforto, dos trabalhistas aumentarem a votação nas eleições autárquivas (3 de Maio de 1990)

Na Bélgica, o rei Balduíno abdica provisoriamente, durante 36 horas, para não promulgar a lei sobre a despenalização do aborto, aprovada pelo parlamento (13 de Maio de 1990).

Iliescu ganha eleições na Roménia (20 de Maio). Em 1989, depois da revolta dos húngaros de Timisoara, na Transilvânia, dá-se o derrube sangrento do ditador, assumindo o poder uma Frente de Salvação Nacional, dirigida por Ion Iliescu e constituída pelos antigos comunistas; este grupo ganha as eleições de Maio de 1990; o partido dominante, aliado aos nacionalistas do Partido da Unidade Nacional Romena e do Partido da Grande Roménia tem contra ele a Convenção Democrática, formada em 1991 por todos os partidos da oposição, o Partido Nacional Camponês, o Partido Liberal, o Partido Social Democrata e a União Democrática dos Húngaros da Roménia.

Boris Ieltsine eleito Presidente do Parlamento da Federação Russa (20 de Maio)

Fusão do Iémene do Norte e do Iémene do Sul (22 de Maio)

Multipartidarismo no Gabão (23 de Maio)

Gorbatchev vaiado no desfile da Praça Vermelha, retira-se da tribuna (1 de Maio)

Ieltsine eleito Presidente do Parlamento da Rússia (26 e 29 de Maio)

Bush e Gorbatchev assinam em Washington acordo de desarmamento químico (30 de Maio)

Na Hungria, há um novo chefe do governo (16 de Maio de 1990), József Antall, do Partido dos pequenos proprietários, e um novo Presidente da República Árpád Göncz (3 de Agosto de 1990), enquanto se chega a acordo com Moscovo para a retirada dos soldados soviéticos (10 de Março de 1990), se vota a lei sobre liberdade de consciência (5 de Janeiro de 1990) e se retomam as relações com o Vaticano (9 de Fevereiro de 1990).

 

 

Surge o programa PECO de ajuda à Europa central e oriental (12 de Maio)

É assinado em Paris o acordo constitutivo do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD) com vista à prestação de apoio financeiro aos países da Europa Central e Oriental (29 de Maio)

 

 

Comunistas lusitanos – Carlos Carvalhas é eleito secretário-geral adjunto do PCP (20 de Maio)

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: