1996
 

Janeiro
Crise da Chechénia

 

 

Morte de François Mitterrand (8 de Janeiro)

2000 russos são capturados na Chechénia (9 de Janeiro de 1996). Cessar fogo em 31 de Março de 1996. Tratado de paz assinado por Alexander Lebed* em 31 de Agosto de 1996. Boris Ieltsine, já bastante doente, reeleito presidente da Rússia, com o apoio de Lebed, depois afastado de secretário do Conselho de Segurança (17 de Outubro de 1996)

Coreia do Norte pede ajuda alimentar (Janeiro de 1996)

12ª eleição presidencial. 14 de Janeiro de 1996. Eleição do Presidente da República. 8 693 636 eleitores. 5 762 978 votantes. Jorge Sampaio 53,91%. Cavaco Silva 46,09%. Jorge Sampaio toma posse em 9 de Março de 1996. Neste contexto, o governo do Partido Socialista anuncia o propósito de concretização de duas intenções programáticas apresentadas ao eleitorado, a regionalização e a modificação do sistema eleitoral. Quase um quarto de século após a instauração do mais consensual de todos os regimes demo-liberais portugueses, o único em que as grandes regras de organização do poder político são substancialmente cumpridas, com uma estabilidade política bem assente numa economia relativamente sã e competitiva, numas finanças minimamente equilibradas e num ambiente social pacificado, eis que tenta adequar-se a macropolítica ao efectivo modelo poliárquico.

Sai Nogueira, entra Marcelo – Fernando Nogueira renuncia à presidência do PSD (16 de Janeiro). XVIII Congresso do partido em Vila da Feira. Marcelo Rebelo de Sousa eleito presidente, pouco tempo depois de a direita espanhola ganhar as eleições gerais. Propõe imediatamente um referendo sobre a Europa e ameaça de boicote a revisão constitucional (29 de Março). PSD integra-se formalmente no Partido Popular Europeu (7 de Dezembro), graças às diligências de Francisco Lucas Pires.

Livro maldito Posto à venda o livro de Rui Mateus, Memórias de um PS Desconhecido, onde se revelam as histórias do financiamento do partido soarista nos primeiros tempos (27 de Janeiro). Apesar de livro ser avidamente consumido, quase não há recensões sobre o mesmo.

Remodelação – Murteira Nabo, ministro do Equipamento, demite-se, depois da respectiva situação fiscal ter vindo a público (12 de Janeiro) João Cravinho, ministro do Planeamento passa a acumular a pasta do Equipamento (15 de Janeiro)

 

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: