1997
 

Fevereiro
Morte de Deng e Benazir Bhutto volta a ser eleita

 

 

A China consegue ultrapassar algum regime de isolamento internacional, por causa do escândalo de Tien An-Men, com a visita de Jian Zemin a Washington, onde Clinton, apesar de reconhecer publicamente um profundo desacordo quanto à política de direitos humanos, não deixa de apontar a via de um constructive engagement.

Morre Deng Xiaoping (19 de Fevereiro).

A Liga Muçulmana de Nawaz Sharif ganha as eleições no Paquistão, vencendo o Partido do Povo Paquistanês da antiga presidente Benazir Bhutto (3 de Fevereiro).

Questão do aborto António Guterres, falando a título pessoal, declara-se contrário à liberalização do chamado aborto, ou, melhor dizendo, da interrupção voluntária da gravidez (15 de Fevereiro de 1997). Projecto é derrotado na Assembleia da República por um voto no dia 20

Revisão constitucional – O deputado do PS Vital Moreira demite-se de presidente da Comissão de Revisão Constitucional (28 de Fevereiro de 1997). Aprovada a quarta revisão da Constituição, depois de acordo entre o PS e o PS (4 de Setembro).

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

 

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: