1998

A unificação europeia vista por um americano

 



 

Brzezinski

 

O problema vem do facto de ainda não existir uma Europa verdadeiramente europeia. Ela é uma visão de futuro, uma ideia e um fim, não é uma realidade.

A Europa ocidental conseguiu edificar um mercado comum, mas a sua unidade política está ainda no limbo…

De uma maneira geral, a Europa ocidental dá hoje a impressão de um conglomerado de sociedades afectadas por uma doença social crónica, lançadas na rotina, sem élan nem largas perspectivas.

A unificação europeia aparece cada vez mais como um processo que se impõe do exterior, não como um ideal em que se acredita

(Zbigniew Brzezinski)

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: