1999
 

Outubro
O fenómeno Haider

 

 

Nas eleições legislativas na Áustria, o partido liberal de Jorg Haider* fica em segundo lugar (3 de Outubro). As principais forças políticas, segundo os resultados das eleições para o Nationalrat, de 03-10-1999, são o os democrata-cristãos do OVP (Österreichische Volkspartei), com 26.9%, e o anterior líder do governo os sociais-democratas do SPO (Sozialdemokratische Partei Österreichs), com 33.2%. A terceira força é o Partido da Liberdade da Áustria, FPO (Freiheitliche Partei Österreichs), com 26.9%, seguindo-se os ecologistas de Die Grünen, com 7,4%.

Aburrahman Wahid, dito Gus Dur, é eleito presidente da Indonésia, tendo como vice-presidente Megawati Sukarnoputri (20 de Outubro)

O Conselho Europeu Extraordinário reúne-se em Tampere, na Finlândia. Chega a acordo quanto a determinadas orientações e prioridades políticas que envolvem, em especial, o direito de asilo, a imigração, o acesso à justiça e a luta contra a criminalidade. Adopta decisões relativas às modalidades de elaboração do projecto de Carta dos Direitos Fundamentais da União Europeia (15 e 16 de Outubro)

Argentina: em Outubro de 1999, Fernando de la Rua vence as eleições presidenciais pela coligação Aliança, integrada pelo Partido Radical e por uma ala centro-esquerda dos peronistas.

Morte de Amália Rodrigues (6 de Outubro).

Eleição nº 73 da Assembleia da República (10 de Outubro)Vitória do PS que consegue 115 deputados (43,9%), tantos quantos os da oposição, ficando assim a um deputado da maioria absoluta. PSD, 32,3%. CDU, 9%. PP, 8,3%. Bloco de Esquerda, 2,4%.

Segundo governo de António Guterres (25 de Outubro). Entre os ministros: José Sócrates Carvalho Pinto de Sousa (adjunto), António Luís dos Santos Costa (assuntos parlamentares), Jaime José Matos da Gama (defesa nacional e negócios estrangeiros), António Luís Pacheco de Sousa Franco (finanças), Jorge Paulo Sacadura Almeida Coelho (adjunto e administração interna), João Cardona Gomes Cravinho (equipamento, planeamento e administração do território), José Eduardo Vera Cruz Jardim (justiça), Joaquim Augusto Nunes de Pina Moura (economia), Luís Manuel Capoulas dos Santos (agricultura, desenvolvimento rural e pescas), Eduardo Carrega Marçal Grilo (educação), Maria de Belém Roseira (saúde), Eduardo Ferro Rodrigues (trabalho e solidariedade social), Maria Elisa Ferreira (ambiente), Manuel Maria Carrilho (cultura), Mariano Gago (ciência e tecnologia).

 

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: