Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

ANO:1860


SUMÁRIO:
Destaques Cronologia Acontecimentos Bibliografia Personalidades Livros do Ano Falecimentos e Nascimentos

I – DESTAQUES

PORTUGALMUNDO

Política

· Eleições (Janeiro)

· Ratificação da Concordata (Fevereiro)

· Governo de Loulé/ Sá da Bandeira (Julho)

· Tratado sobre Timor (Agosto)

· Republicanos vencem, nos E.U.A.

· Revolta da Sicília

·

Ideias

·

· Consagração do organicismo evolucionista. Spencer utiliza, pela primeira vez, o conceito de sociedade como organismo social, dado que a mesma é marcada pela evolução, pela diversificação e pela especialização crescente. Todas as sociedades começam por pequenos agregados que evoluem progressivamente, aumentando em tamaho e sendo cada vez mais complexos, aumentando a dependência mútua entre as suas diversas parcelas. O mesmo autor britânico consagra como a melhor forma de regime o Estado representativo., com a publicação de Considerations on Representative Government.

· Krausismo em Espanha. Julián Sanz del Rio, com a publicação de Ideal de la Humanidad para la Vida, lança um importante marco para a recepção do krausismo.

 

 

 

II – CRONOLOGIA

NACIONAL

· Janeiro

1 Eleições. Experimentava-se um novo modelo de lei eleitoral, com 156 círculos uninominais no continente e 9 nas ilhas, mantendo-se círculos plurinominais no ultramar, num total de 179 deputados. Vitória dos governamentais regeneradores, que então já integravam os cabralistas (91%). A oposição histórica apenas elege 15 deputados (8%), mas vence em Lisboa. Eleitos dois deputados miguelistas.

26 Reabre o parlamento

· Fevereiro

6 Câmara dos Deputados ratifica a Concordata. Fim da questão do padroado.

13 Reforma do MOPCI Confirmada a reforma do ministério e a livre introdução dos cerais em 13 de Fevereiro de 1860.

· Março

16 Fontes substitui Adriano Maurício Ferreri na marinha, por morte deste. Teve uma congestão cerebral em plena Câmara dos Deputados em 9 de Março de 1860, face aos ataques do deputado Ferreira de Almeida.

20 Criação da Associação Industrial Portuguesa

· Abril

24 Com a doença de Terceira, António Serpa passa a acumular a guerra e Casal Ribeiro a acumular os estrangeiros.

26 Morte do Duque da Terceira

· Maio

1 Joaquim António de Aguiar assume a presidência; Joaquim António Velez Barreiros, barão da Senhora da Luz assume a pasta da guerra; José Marcelino Sá Vargas na marinha; Casal Ribeiro mantém a fazenda e os estrangeiros; António Serpa fica apenas com as obras públicas.

- Aumenta a repressão dos moedeiros falsos.

- Aumento dos impostos para o financiamento dos caminhos de ferro. Começam a intensificar-se as acusações de corrupção contra os governantes. Estes são vistos como ladrões por parte importante da opinião pública.

 

· Junho

10 Era fundada a Real Associação Central da Agricultura Portuguesa que em 13 de Janeiro de 1861 elegia João Rebelo da Costa Cabral como primeiro presidente.

· Julho

3 Tratado entre Portugal e o Japão. Assinado por Isidoro Guimarães, então governador de Macau.

4 Governo de Loulé/ Sá da Bandeira. De 4 de Julho de 1860 a 17 de Abril de 1865. 1749 dias. Presidente começa por acumular o reino (até 21 de Fevereiro de 1862). Loulé esteve ausente de 12 de Setembro a 6 de Outubro de 1862, sendo inerinamente substituído por Sá da Bandeira.

António José de ávila soma a fazenda e os estrangeiros (até 21 de Fevereiro de 1862); Loulé passará também pelas obras públicas, reino e estrangeiros; Belchior José Garcez Penha na guerra; Carlos Bento da Silva na marinha (até 21 de Fevereiro de 1862); Alberto António Morais de Carvalho nos negócios eclesiásticos e justiça.; Tiago Augusto Veloso da Horta nas obras públicas (até 26 de Fevereiro de 1862). Reforçam-se as posições doa antigos cabralistas chamados ao governo histórico.

30 Extinção da décima industrial

· Agosto

10 Tratado com os Países Baixos regulariza a questão de Timor.

· Setembro

1 Autorizada a livre importação de cereais.

· Novembro

5 As cortes são adiadas por 63 dias até 7 de Janeiro de 1861

30 Lançado inquérito às sociedades agrícolas.

· Dezembro

3 Sá da Bandeira substitui Belchior José Garcez Penha na guerra.

- 3ª Exposição agrícola do Porto.

· Ainda em 1860...

- Começa a trabalhar em Portugal a primeira debulhadora Ransomes & Sims

- Tentativa frustrada de fundação da Associação Geral de Crédito Predial e Agrícola

- Morte de Soares dos Passos

- Welwitsch em Angola

- Herculano na Comissão Revisora do Código Civil

INTERNACIONAL

· 24 de Março Pelo Tratado de Turim , a região de Sabóia voltou a integrar-se em França, depois de plebiscito.

· Ainda em 1860...

- Em Itália, Garibaldi, Giuseppe (1807-1882) Militar e político italiano, chefia a revolta da Sicília que levou à expulsão dos Bourbons de Nápoles.

- Nos Estados Unidos, Republicanos vencem as eleições presidenciais, com Abraham Lincoln

- Na Polónia, nova revolta, impulsionada pela chamada Sociedade Agronómica, criada em 1855

III - ACONTECIMENTOS DO ANO

Organismo social Expressão consagrada por Herbert Spencer, na senda do darwinismo, para qualificar a sociedade. A sociedade, enquanto organismo social, seria marcada pela evolução, pela diversificação e pela especialização crescente das respectivas parcelas. Spencer utiliza pela primeira vez o conceito em Janeiro de 1860, depois da publicação por Darwin de The Origin of Species, de 1859. Aí compara as sociedades feitas pelos homens aos organismos constituídos por células. Adopta o evolucionismo quando considera que os organismos sociais, começando por pequenos agregados, vão, progressivamente aumentando e complexificando-se, com o aumento da dependência mútua entre as diversas parcelas. Neste sentido, procura determinar as leis da evolução dos organismos sociais, indicando o princípio da adaptação e o princípio da evolução. Alerta para o perigo do Estado poder interferir no evolucionismo do processo orgânico, quando tem intervenção na actividade dos cidadãos.

IV – BIBLIOGRAFIA

AUTORES

OBRAS

BUCKHART

Die Kultur der Renaissance in Italien

CORVO, Andrade

Relatório sobre a Cultura do Arroz em Portugal e sua Influência sobre a Salubridade Pública

D'AZEGLIO, Luigi Taparelli

Le Ragioni del Bello secondi i Princii di San Tommaso

MILL, John Stuart

Considerations on Representative Government

MONTALEMBERT, Charles René Forbes de (1810-1870)

Les Moines de l'Occident, 1860-1877.

RIO, Sanz del

Ideal de la Humanidad para la Vida

SILVA, Luís António Rebelo da

História de Portugal nos Séculos XVII e XVIII, até 1871

SORIANO, Simão José da Luz (1802-1891)

Revelações da minha vida e memórias de alguns factos e homens meus contemporâneos; Lisboa, 1860 (2ª ed., Porto, 1891).

SPENCER, Herbert

- The Social Organism

V - PERSONALIDADES DO ANO

Burckhart, Jakob Christoph (1818-1897). Historiador suíço, especialista no período da Renascença. Professor em Basileia

· Die Zeit Konstantins des Grossen

1853.

· Die Kultur der Renaissance in Italien

1860.

· Griechische Kulturgeschichte

1898-1902. Obra póstuma.

 

Sanz del Rio, Julián (1814-1869) Chefe dos krausistas espanhóis. Estuda direito e filosofia, formando-se em Heidelberg. Criador da Institución Libre de Enseñanza. A respectiva defesa do laicismo faz com que entre 1867 e 1868 tenha sido saneado da cátedra de História da Filosofia em Madrid. Diz ter escolhido o krausismo por este ser o mais consequente e o mais completo e o sistema que se conformava melhor com o são bem senso, dado também ser o mais susceptível duma aplicação prática.

· Ideal de la Humanidad para la Vida, 1860.

· Lecciones para el Sistema de Filosofia Analítica de K. Ch. Krause, 1904.

· El Idealismo Absoluto, 1904.

 

 

VI - LIVROS DO ANO

Considerations on Representative Government, 1860 Obra de John Stuart Mill, dividida em 18 caps. : até que ponto as formas de governo dependem de escolha; critério para uma boa forma de governo; de como a forma de governo idealmente melhor é a representativa; em que condições sociais se tora inaplicável o governo representativo; as funções próprias dos corpos representativos; das enfermidades e perigos a que está sujeito o governo representativo; da democracia verdadeira e falsa; da extensão do sufrágio; graus de eleição; da maneira de votar; da duração dos parlamentos; garantias aos membros do oarlamento; segunda câmara; do poder executivo em governo representativo; os corpos representativos locais; da nacionalidade em correlação ao governo representativo; dos governos federais representativos; dos governos das pressões por um estado livre(cfr. trad. port. O Governo Representativo, Lisboa, Livraria Arcádia, 1967). Considerations on Representative Government, de 1860, considera que há nacionalidade onde se encontram homens unidos por simpatias comuns que não existem entre eles e outros homens, simpatias que os levam a agir de acordo, de muito melhor vontade do que o fariam com outros, a desejar que esse governo seja exercido por eles próprios ou por uma porção entre eles, pelo que considera ser uma condição necessária das instituições livres está na circunstância das fronteiras do governo coincidirem no seu conjunto com as fronteiras da nação.

Analisando as causas do aparecimento desse sentimento, salienta que o mesmo pode ter sido engendrado por diversas causas: é por vezes o efeito da identidade de raça e de origem; muitas vezes a comunidade de língua e a comunidade de religião contribuem para o fazer nascer; os limites geográficos, igualmente. Mas a causa mais poderosa de todas é a identidade de antecedentes políticos, a posse de uma história nacional, e, por conseguinte, a comunidade de recordação, o orgulho e humilhação, o prazer e o pesar colectivos ligam-se aos mesmos incidentes do passado. Contudo, nenhuma destas circunstâncias é indispensável ou absolutamente suficiente por si só

 

VII - FALECIMENTOS E NASCIMENTOS

FALECIMENTOS

NASCIMENTOS

AKASKOV, Konstantin (1817-1860)

ARAúJO, José Maria Xavier de (1786-1860)

LOUREIRO, José Jorge (1791-1860)

SCHOPENHAUER, Arthur (1788-1860)

TERCEIRA, Duque da (1792-1860)

áVILA, Carlos Lobo d’ (1860-1895)

CARQUEJA, Bento 1860-1935

CHRISTO, Francisco Manuel Homem (1860-1943)

GAIO, Manuel da Silva (1860-1934)

GOMES, Manuel Teixeira (1860-1941)

HERZL, Theodor (1860-1904)

ORLANDO, Vittorio Emanuele (1860-1952)

POSADA, Adolfo (1860-1944)


Image
© José Adelino Maltez
Todos os direitos reservados.
Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência:
Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info)
Última revisão em: 01-05-2009

© José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: 01-05-2009 © José Adelino Maltez. Todos os direitos reservados. Cópias autorizadas, desde que indicada a proveniência: Página profissional de José Adelino Maltez ( http://maltez.info). Última revisão em: 01-05-2009