Respublica     Repertório Português de Ciência Política         Edição electrónica 2004

||Home

ANO:1889


SUMÁRIO:
Destaques Cronologia Acontecimentos Bibliografia Personalidades Livros do Ano Falecimentos e Nascimentos

I – DESTAQUES

PORTUGALMUNDO

Política

· Morte de D. Luís (Outubro)

· Eleições (Outubro)

· Juramento de D. Carlos I (Dezembro)

· França cria protectorado, na Costa do Marfim (Janeiro)

· Itália assume protectorado, na Etiópia (Maio)

· Proclamação da República, no Brasil (Novembro)

· Surge a II Internacional

Ideias

· Fialho de Almeida começa, em Agosto de 1889, a publicação das sátiras Os Gatos, que vão durara até 1894. Porque Deus fez o crítico à semelhança dos gatos.

· J. Leite de Vasconcelos funda a Revista Lusiatana

· Pan-americanismo. Termo consagrado pela I Conferência dos Estados Americanos, ocorrida em Washington.

· Fabianos, intuicionismo, Weber e Wilson. São publicados os Fabian Essays, prefaciados por George Bernard Shaw, enquanto em França é publicada a dissertação de doutoramento de Henri Bergson, Essai sur les Données Immediates de la Conscience, base do movimento intuicionista. No mesmo ano, doutora-se Max Weber com uma tese sobre as sociedades comerciais da Idade Média. Nos Estados Unidos, consolida-se o prestígio de Woodrow Wilson, que publica a obra The State.

· Marx, austromarxismo e agnosticismo. Publicado o terceiro volume de Das Kapital, enquanto o partido social-democrata austríaco se torna na principal formação parlamentar, desencadeando-se o chamado austromarxismo. Entretanto, Thomas Henry Huxley cunha o termo agnosticismo para caracterizar a sua posição, que se proclama herdeira de David Hume.

· Darwinismo. O darwinismo é a doutrina dominantes, sendo marcante em Francis Galton, que publica Natural Inheritance, onde lança as bases do eugenismo. Na mesma senda, Andrew Carnegie, em Gospel of Wealth.

· Catolicismo social. Na Inglaterra, por ocasião da greve nas docas de Londres, destaca-se a acção do Cardeal Manning. Em Itália, o professor da universidade de Pisa, Giuseppe Toniolo, cria União Católica para os Estudos Sociais.

II – CRONOLOGIA

NACIONAL

· Janeiro

2 Discurso da Coroa. Abordada a questão da salamancada

· Fevereiro

4 Adiados os trabalhos parlamentares até 5 de Abril

23 Remodelação governamental

· Abril

4 Reabertura da Câmara dos Deputados

 

· Outubro

19 Morte de D. Luís

20 Eleições. 104 deputados progressistas, 38 regeneradores, 2 republicanos, 8 da Esquerda Dinástica

· Novembro

3 Eleições municipais

9 Remodelação governamental

14 Nasce D. Manuel

· Dezembro

6 Morte de António Cardoso Avelino

7 Chega a Lisboa, refugiado, o destituído Imperador do Brasil

28 Juramento de D. Carlos I

· Ainda em 1889...

INTERNACIONAL

· Janeiro França cria protectorado na Costa do Marfim

· Fevereiro Constituição institui parlamento no Japão

· 8 de Abril Boulanger foge de França e refugia-se na Bélgica

· Maio Itália assume protectorado sobre a Etiópia

· 15 de Novembro Proclamação da República, no Brasil. Um dos inspiradores foi Benjamim Constant Botelho de Magalhães (1833-1891), político brasileiro.

· 6 de Dezembro Queda do governo liberal na Holanda, subindo ao poder uma coligação de católicos e calvinistas

· Ainda em 1889...

- Emmeline Pankhurst, sufragista inglesa, funda a Women’s Franchise League

- Surge a II Internacional, Federação de partidos nacionais de inspiração marxista, depois do desaparecimento do bakuninismo, no começo da década de oitenta.

III - ACONTECIMENTOS DO ANO

IV – BIBLIOGRAFIA

AUTORES

OBRAS

ALMEIDA, Fialho

Os Gatos, 1889

áVILA, Carlos Lobo d’

Tempo, O, 1889

BERGSON, Henri

Essai sur les Données Immediates de la Conscience, 1889

CARNEGIE, Andrew

Gospel of Wealth, 1889

DONISTHORPE,W

Individualism: a System of Politics, 1889

FOUILLé

L'Avenir de la Métaphysique fondée sur l'Expérience, 1889

GALTON, Francis

Natural Inheritance, 1889

HUXLEY, Thomas Henry

Agnosticism. A Reply to Henry Wace, 1889

KROPOTKIN

Memórias de um Revolucionário, 1889

LAFITTE, Pierre

Cours de Philosophie Première, 1889

LEROY-BEAULIEU, Paul

L'Etat Moderne et ses Fonctions, 1889

LOWELL, Lawrence

Essays on Government, Boston, 1889

MARSHALL, Alfred

Principles of Political Economy, 1889

POTTER, Beatrice

Cooperative Movement in Great-Britain, 1889

PREUSS, Hugo

Gemeinde, Staat, Reich, 1889

SOREL, Georges

Procès (Le) de Socrate, Paris, Alcan, 1889

WALLAS, Graham

Fabian Essays, 1889

WEBB, Sydney

Facts for Londowners, 1889

WIESER

Der natürliche Wert, 1889

WILSON, Woodrow

The State, 1889

V - PERSONALIDADES DO ANO

Pankhurst, Emmeline (1858-1928) Líder sufragista inglesa. Funda em 1889 a Women’s Franchise League e chega a militar no partido trabalhista independente em 1892. Desencadeia formas mais vivas de protesto a partir de 1903, inicando um processo de greves da fome a partir de 1906. Chega mesmo a actos de violência, nomeadamente a fogo posto, sendo presa por três vezes. Suspende as campanhas em 1914, apoiando o esforço de guerra. As mulheres passam a ter direito de voto em 1918, em nome do esforço de guerra e Emmeline decide aderir ao partido conservador.

Wallas, Graham (1853-1932) Um dos fundadores da Fabian Society, entrará em dissidência com o grupo. Continua na senda do psicologismo de Bagehot. Defende a instauração de uma grande sociedade, igualitária e socialista.

· Fabian Essays , 1889.

· Human Nature in Politics , Londres, Archibald Constable, 1908.

· The Great Society , 1914.

· Our Social Heritage , 1921.

Shaw, George Bernard (1856-1950) Escritor irlandês. Vive nos arredores de Londres desde 1876. Liga-se aos fabianos, de 1884 a 1911.

· Um Socialista pouco Social, 1884.

· Editor e prefaciador de Fabian Essays, de 1889.

· Common Sense about the War

· Guide to Socialism and Capitalism, 1928.

· Works, 1931.

Marshall, Alfred (1842-1924) Economista britânico, fundador da Escola de Cambridge, os chamados neoclássicos. Professor de Keynes. Diplomado por Cambridge em matemática, ensina ciência moral nessa universidade, a partir de 1868. Passa para Bristol, mas regressa a Cambridge em 1885, como professor de economia política

· Principles of Political Economy

Em 3 volumes, de 1889, 1911 e 1923.

Huxley, Thomas Henry (1825-1895) Biólogo e médico inglês. Um dos principais críticos do darwinismo social. Cunha o termo agnosticismo, para caracterizar a sua posição, invocando a tradição de David Hume. Escreve vários ensaios de filosofia e de teologia, considerando Deus como uma espécie de inteligência eterna.

· Man´s Place in Nature, 1863.

· Practical Biology,1875.

· Prolegomena to Ethics,1883.

· Agnosticism. A Reply to Henry Wace,1889.

· Ethics and Evolution,1893.

· Science and Education,1899

· Lay Sermons,1900.

· Selections from the Essays of Huxley, ed. de Alburey Castell, Arlington Heights, rofts Classics, 1948.

Leroy-Beaulieu, Paul (1843-1916) Um liberal adepto do organicismo do Estado. Funda O Economista Francês. Considera que o governo é um ser concreto,o Estado, um ser abstracto e que se ganharia muito, do ponto de vista da precisão das ideias e da segurança das aplicações, proceder a essa substituição. Se considera que o Estado é um organismo de autoridade que usa ou ameaça usar o constrangimento, não deixa de referir que o Estado Moderno é, acima de tudo, um Estado representativo ou electivo que assenta principalmente na delegação temporária da autoridade pelos que a têm de suportar.

· L'Etat Moderne et ses Fonctions , 1889.

· Traité Théorique et Pratique d’économie Politique, 1895

· La Question de la Population, Paris, Alcan, 1913. 3ª ed.

· De la Colonisation ches les Peuples Modernes, Paris, Guillaumin & Cie., 1891. 4ª ed.

Galton, Francis (1822-1911) Biólogo inglês, fundador do eugenismo. Em 1907 cria em Londres um laboratório eugénico e no ano seguinte uma sociedade para a educação eugénica. Marcado pelo darwinismo, estuda o eugenismo com base na biometria. Um dos directores do laboratório foi Karl Pearson

· Hereditary Genius,1869

· English Men of Science, 1874

· Inquiries into Human Faculty and Its Development,1883

· Natural Inheritance,,1889

Carnegie, Andrew (1835-1919) Industrial e filantropo norte-americano. Funda o Carnegie Institut of Technology de Pittbsburgh, em 1912, depois integrado na Carnegie-Mellon University. Defende a necessidade de uma educação para o individualismo, criticando as mudanças turbulentas das sociedades que desenraízam a árvore, quando é necessário seguir na direcção mais favorável à produção de bons frutos, isto é, de riqueza. Salienta que o homem rico deve levar uma vida modesta e sem ostentação. Darwinista social que segue as ideias de Spencer.

· Gospel of Wealth (1889).

 

Adams, Henry Brooks (1838-1918) Historiador e filósofo norte-americano. Professor em Harvard. Aplica à história a teoria da termodinâmica, considerando que as várias fases da história humana são uma sucessão de fases de energia e que a energia mecânica vive em constante estado de dissipação.

· Democracy, Novela, contendo uma sátira política.

· History of the United States During the Administration of Jefferson and Madison (1801-1817),9 vols., 1889-1891

· The New Empire,Nova Iorque, Macmillan, 1902

· Mont-Saint-Michel and Chartres,Obra sobre a Idade Média, 1904

· The Education of Henry Adams,Boston, Houghton, 1906. Obra autobiográfica

· Degradation of the Democratic Dogma, 1919

· Letters of H. A. 1892-1918, Boston, Houghton., Ed. de W. C. Ford, 1938.

Bergson, Henri-Louis (1859-1941) Professor da Escola Normal Superior, desde 1897, e do Collège de France, de 1900 a 1914, depois de leccionar nos liceus. Passa para vida diplomática, de 1912 a 1918. Prémio Nobel da literatura em 1927. Tem o intuicionismo como filosofia da vida.

· Essai sur les Données Immediates de la Conscience

Paris, 1889. Dissertação de doutoramento (Paris, PUF, 1939).

· Matière et Mémoire, 1896. (Paris, PUF, 1945).

· L'évolution Créatrice, 1907. (Paris, PUF, 1945).

· L’ énérgie Spirituelle, 1919.

· Les Deux Sources de la Morale et de la Réligion, 1932. (Paris, PUF; 1945).

· La Pensée et le Mouvant, Paris, 1933.

VI - LIVROS DO ANO

L'Etat Moderne et ses Fonctions, 1889 Obra de Paul Leroy-Beaulieu, composta por oito livros: I - O Estado, a sociedade e o indivíduo. A génese das funções do Estado; II - Características particulares do Estado moderno. As suas fraquezas. O seu campo de acção natural; III - As funções essenciais do Estado. A sua missão de segurança e de justiça. Da legislação e da conservação geral; IV - As obras públicas, o Estado central e as municipalidades; V - O Estado, a religião, a educação e a assistência pública; VI - O Estado, o regime do trabalho e os seguros; VII - Exame de alguns cassos acessórios da intervenção do Estado; VIII - Uma das tarefas do Estado contemporâneo: a colonização.

VII - FALECIMENTOS E NASCIMENTOS

FALECIMENTOS

NASCIMENTOS

CABRAL, A. B. da Costa (1803-1889)

FUSTEL DE COULANGES, Numa Dennis (1830-1889)

MANCINI, Pasquale Stanislao (1817-1889)

MARRECA, António de Oliveira (1805-1889)

TCHERNICHEVSKI, Nikolai Gavrilovitch (1829-1889)

ALPOIM, Amâncio de ( n. 1889)

CARDOSO, Vicente Licínio (1889-1931)

COLE, George D. H. (1889-1959)

COLLINGWOOD, Robin George (1889-1943)

DAWSON, Cristopher (1889-1970)

FIGUEIREDO, Fidelino de (1889-1967)

HEIDEGGER, Martin (1889-1976)

HITLER, Adolf (1889-1945)

MANUEL II (1889-1932)

MARC, Alexandre Lipianski (n. 1904)

MARCEL, Gabriel (1889-1973)

MERêA, Manuel Paulo (1889-1977)

NEHRU, Jawaharal (1889-1964)

PAVELIC, Ante (1889-1959)

REZENDE, Leonidas (1889-)

RODRIGUES JúNIOR, Manuel (1889-1946)

SALAZAR, Abel de Lima (1889-1946)

SALAZAR, António de Oliveira (1889-1970)

SOROKIN, Pitirim Alexandrovitch (1889-1968)

TOYNBEE, Arnold (1889-1971)

VILHEN, Carlos (1889-1988)

WITTGEBSTEIN, Ludwig (1889-1951)