/span>
  || Governos || Grupos || Eleições || Regimes || Anuário || Biografias ||

  Ciclos Políticos 1842-1851


 

1842

Terceira (1564 dias)                                          9ª G1842

                                                            10ª G1845

1843

1844

1845

1846

 

Palmela (140 dias)

 

1847

Saldanha (987 dias)

11ªG1847

1848

1849

 

1850

Costa Cabral (683 dias)

1851

 

                                                                              12ªG1852


 

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

 

 

1842

Restauração da Carta e cabralismo. Regime Cabralista

Arquivo antigo do anuário CEPP

Cabralismo

Pronunciamento de Costa Cabral no Porto (27 de Janeiro)

Governo nº 17 (7 de Fevereiro)  Palmela (3 dias). O governo dito do Entrudo

Governo nº18 Terceira (1564 dias, desde 9 de Fevereiro).

A. B. da Costa Cabral Ministro do Reino desde 24 de Fevereiro.

Surge o cabralismo a cem por cento

Restaurada a Carta Constitucional (10 de Fevereiro)

Criada uma ampla coalizão, de setembristas, cartistas anti-cabralistas e miguelistas (Março). Na oposição, estão também os miguelistas.

Eleição nº 9 (5 e 19 Junho) Primeiras eleições cabralistas. Apenas dez deputados da oposição.
Ataques à maçonaria

Surge a Ma çonaria Irlandesa.

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1843

Burocracia, riqueza, exército e início do ciclo burguês

Arquivo antigo do anuário CEPP

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1844

Centralização e oligarquia – Da revolta radical à procura de uma alternativa oposicionista

Arquivo antigo do anuário CEPP

Revoltas de Torres Novas (4 de Fevereiro) e de Almeida ( de 8 a 28 de Abril), promovidas pela Maçonaria do Sul, com António César Vasconcelos Correia e José Lúcio Travassos Valdez. Passos Manuel chama-lhe a bombochata. Participam miguelistas.

José Jorge Loureiro e Luís Mouzinho de Albuquerque tentam organizar uma alternativa política a Costa Cabral, contactando Palmela (Março). Apenas são apoiados por Sá da Bandeira (Agosto).

Tribunais protestam contra o governo. Várias câmaras municipais em Outubro pedem a demissão do governo

Silva Carvalho e Rodrigo da Fonseca convidam Palmela para chefe da oposição.

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1845

Governamentais esmagam eleitoralmente a coalizão dos oposicionistas urneiros

Arquivo antigo do anuário CEPP

Em Janeiro, oposições unificadas começam a editar o jornal Coalizão. Têm reunião geral em 15 de Março.

Eleição nº 10 ( 3e 17 Agosto) Vencem os cabralistas contra a Comissão Geral Eleitoral do Reino (oposição unificada, unindo cartistas puros, isto é anti-cabralistas, e setembristas, já sem miguelistas). O miguelista António Ribeiro Saraiva aconselha a abstenção, contrariando os chamados urneiros.

Grupos políticos (Comissão Geral Eleitoral do Reino, Católicos Liberais, Cabralistas e Miguelistas)

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1846

Maria da Fonte, Emboscada e Patuleia

Romantismo e mau ano agrícola

Arquivo antigo do anuário CEPP

Maria da Fonte (a partir de 19 de Mar ço)

Governo nº 19 (20 de Maio) Palmela (140 dias).

Em Agosto de 1846, o Grande Oriente Lusitano deixa de ser comandado por António Bernardo da Costa Cabral, assumindo as fun ções de grão-mestre de facto o Visconde da Oliveira.

Emboscada. A chamada emboscada, um golpe palaciano que reforça as posições cabralistas.

Governo nº 20 (6 de Outubro) Saldanha (987 dias)

Sublevação do Porto (10 de Outubro)

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1847

Da Convenção do Gramido ao cabralismo sem Cabrais

Guerras civis por empregos públicos

Arquivo antigo do anuário CEPP

Patuleia

Convenção do Gramido

Eleição nº 11 (28 de Novembro). Vitória dos cabralistas. A Patuleia não compareceu às urnas.

Grupos políticos 1847

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1848

O ano de todos os ismos – A chegada dos republicanos e dos carbonários

Da II República Francesa à primavera dos povos

Arquivo antigo do anuário CEPP

Republicanismo chega a Portugal.

Voltam a surgir organizações carbonárias.

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1849

Costa Cabral volta a controlar o governo

Da iluminação a gás ao macadame

Arquivo antigo do anuário CEPP

  Divisões ma çónicas

Governo nº 21 Costa Cabral (683 dias, desde 18 de Junho)

Cisão no Grande Oriente Lusitano em 1849. O grupo adepto de Costa Cabral passa a ser liderado por João Rebelo da Costa Cabral. Outro grupo passa a ser liderado jor José Bernardo da Silva Cabral. O terceiro grupo constitui o Grande Oriente de Portugal, com o Visconde da Oliveira, o conde da Cunha e Moura Coutinho, o novo grão-mestre.

Crise na liderança da Maçonaria do Sul que tem como grão mestre Francisco António de Campos até Junho de 1849. Em 26 de Dezembro de 1849 esta maçonaria passa a Confederação Maçónica Portuguesa, sob o regime do gr ão-mestre João Gualberto de Pina Cabral.

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1850

Crepúsculo de Costa Cabral: da lei das rolhas aos escândalos

Arquivo antigo do anuário CEPP

 

 

1  
Ideias  
Governos  
Eleições  
Grupos  
Ideias  
Ideias  
Anuários

Arquivos antigos CEPP

Tradição e Revolução

Acontecimentos

 

 

1851

O começo da regeneração

Arquivo antigo do anuário CEPP

 

Conspiração de Saldanha (7 a 29 de Abril)        
  1820-1825 1826-1832 1833-1836 1837-1841 1842-1851
1851-1865 1865-1867 1868-1876

1877-1879

1880-1886

1887-1900
1901-1906 1907-1910 1910-1915 1916-1918 1919-1926 1927-1931
1932-1944 1945-1950 1951-1957 1958-1960 1961-1973 1974-

 

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 31-03-2009