/span>
  || Governos || Grupos || Eleições || Regimes || Anuário || Biografias ||

  Ciclos Políticos 1951-1957


 

1951

Quintão Meireles contra Craveiro Lopes e regresso às províncias ultramarinas

Instituição da CECA

Regresso de Getúlio Vargas ao poder

Ensaio da primeira bomba de hidrogéneo

Reeleição de Péron

Regresso de Churchill ao poder

Ver Tradição e Revolução, vol. II

Grupos políticos

Ver Cosmopolis

Campanha eleitoral, com dois candidatos da oposição: Quintão Meireles, pelo sector não-comunista, e Ruy Luís Gomes, pelo unitarismo comunista.

ep 6 (Junho). Vitória de Craveiro Lopes.

Organização Cívica Nacional

Centro de Estudos Africanos

Lei de 11 de Junho altera a Constituição. Desaparece o Acto Colonial. Regresso à tradicional designação de províncias ultramarinas

1952

Do fim do racionamento ao I Plano de Fomento

Da ideia de CED à eleição de Eisenhower Começo do reinado de Isabel II Fim do regime de ocupação da Alemanha Ocidental Primeira bomba atómica britânica Morte de Evita Perón

De Galbraith à New Science of Politics

Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

Conspiração de Galvão

Acção estudantil contra a NATO /Greves (Maio)

1953

Do Congresso da JUC ao massacre de Batepá

Da morte de Estaline ao fim da guerra da Coreia

Maremoto na Holanda

Revolta operária em Berlim

Execução dos Rosenberg

Bomba de hidrogéneo soviética

A angústia dos homens entre ruínas

(Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

Greves (Maio e Junho)

Explosão de Braço de Prata

Comissão Promotora do Voto tenta organizar a oposição

Ramada Curto abandona os socialistas da SPIO

Partido Cristão-Democrático

JUC

Partido de Luta Unida dos Africanos de Angola/Esboça-se uma oposição nacionalista que tenta candidatar-se em Aveiro

Anuncia-se a criação de um Partido Cristão Democrático

Causa Monárquica apela ao voto na UN

Oposição em Lisboa, Porto e Aveiro

e 58 (Novembro)

1954

Catarina Eufémia, defluxo revolucionário, Satyagrahis e anexação de Dadrá e Nagar-Aveli

De Dien Bien Phu à ascensão de Nasser

Acordos de Genebra sobre a Paz na Indochina

França rejeita a CED

Surge a Eurovisão

Começa a guerra de Argel

Surge a UEO

Da denúncia do tecnicismo ao princípio esperança.

O recuo da Europa.

(Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

Causa Republicana

Sociedade Portuguesa de Escritores

Greves em Fevereiro e Março

Morte de Catarina Eufémia

Conflito latente entre Craveiro Lopes e Salazar

Confronto entre Salazar e D. Duarte Nuno.

Encerrada a Colónia Penal do Tarrafal

Remodelações em 2 de Abril e 14 de Agosto

1955

Entre Marcello e Santos Costa e Conferência de Bandung

Do Pacto de Varsóvia à Conferência de Bandung Rearmamento alemão no quadro da NATO Reúne o Comité Spaak Movimento poujadista em França Morte de Teilhard de Chardin Conferência de Genebra consagra a détente

Portugal e os povos mudos do mundo

De Teilhard ao fim das ideologias

(Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

Grupo de Santos Costa/ Grupo da Choupana

I Congresso da JOC de 1955/ Resistência Republicana e Socialista Partido Comunista Angolano

Prisões

Greves

Remodelação em 7 de Julho

1956

PAIGC e MPLA, morte de Gulbenkian e tempo de não-alinhados

Entre a revolta da Hungria e o degelo de Kruchtchev Conferência de Veneza aprova o relatório Spaak Nacionalização do canal Suez Revolta de Poznam

A denúncia do totalitarismo

(Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

MPLA/ PAIGC

Revolta estudantil. 1956-1957

1957

O I Congresso Republicano de Aveiro e o Movimento Monárquico Independente

Do Tratado de Roma ao Sputnik

Da descoberta da new class ao dr. Jivago

Da razão animada ao pátio das cantigas

(Ver Tradição e Revolução, vol. II)

Ver Cosmopolis

Revista Encontro da JUC/ Movimento Anti-Colonialista (MPLA e PAIGC)

I Congresso Republicano de Aveiro

Estruturam-se várias forças oposicionistas, como a Frente Nacional Liberal e Democrática e o Movimento Monárquico Independente, dirigido por Gonçalo Ribeiro Teles.

V Congresso do PCP. Apoia a imediata e completa independência das colónias

Greves

e 59 (Novembro). Oposição organiza listas em Lisboa, Porto, Braga e Aveiro

  1820-1825 1826-1832 1833-1836 1837-1841 1842-1851
1851-1865 1865-1867 1868-1876

1877-1879

1880-1886

1887-1900
1901-1906 1907-1910 1910-1915 1916-1918 1919-1926 1927-1931
1932-1944 1945-1950 1951-1957 1958-1960 1961-1973 1974-