Santos, José Domingues dos (1885-1958)

Licenciado em Direito. Ex-seminarista. Professor no Instituto Superior do Comércio do Porto.

Maçon desde 1922. Chefe da ala canhota do partido democrático, funda a Esquerda Democrática. Exilado em França depois de 1926, é membro do Grupo de Buda e da Liga de Paris. Apoia a Frente Popular.

Como governante, participa em cinco gabinetes da I República: ministro do trabalho do governo Sá Cardoso, de 29 de Junho de 1919 a 21 de Janeiro de 1920; ministro do comércio do governo de António Maria da Silva (de 26 de Junho a 19 de Julho de 1920); ministro do trabalho do governo de Liberato Pinto (de 30 de Novembro de 1920 a 2 de Março de1921 e de 2 de Março a 19 de Julho de 1921); ministro da justiça no governo de Álvaro de Castro, de 18 de Dezembro de 1923 a 6 de Julho de 1924; presidente do ministério de 22 de Novembro de 1924 a 15 de Fevereiro de 1915.

Escola José Domingues dos Santos. Lavra

                   

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 20-04-2007