Governo nº 100 de Ivens Ferraz (562 dias, desde 8 de Julho). Salazar é o único membro do gabinete anterior que transita.

Presidente acumula o interior e os estrangeiros. Na justiça Silva Teles e depois de 15 de Julho, Luís Maria Lopes da Fonseca. Nas finanças, António de Oliveira Salazar. Na guerra, Amílcar Barcínio Pinto. Na marinha, Luís António de Magalhães Correia. Nos estrangeiros, Ivens Ferraz. A partir de 27 de Julho de 1929, Henrique Trindade Coelho (1885-1934), filho de José Trindade Coelho. A partir de 11 de Setembro de 1929, Jaime da Fonseca Monteiro. No comércio, João Antunes Guimarães (1877-1951). Na instrução pública, Francisco Xavier da Silva Teles. A partir de 11 de Setembro de 1929, Eduardo da Costa Ferreira. A partir de 21 de Dezembro de 1929, Vítor Hugo Duarte de Lemos. Na agricultura, Henrique Linhares de Lima (1876-1953).

Remodelação: Jaime da Fonseca Monteiro nos estrangeiros; Eduardo Costa Ferreira na Instrução (11 de Setembro)

Remodelação – Vítor Hugo Duarte Lemos, novo ministro da instrução (19 de Dezembro).

  Governo anterior

Governo posterior  

 

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 31-03-2009