Governo nº 112 de Nobre da Costa – I Governo presidencial (29 de Agosto, 85 dias). Novo Primeiro-Ministro declara: somos um governo de recurso, sem opções políticas de fundo (7 de Setembro). PS, CDS e PCP apresentam moções de rejeição ao programa de governo (11 de Setembro). Aprovada a do PS, com votos contra do PSD. 141 votos a favor da moção de rejeição (PS, CDS, UDP e seis independentes; abstenção do PCP) (14 de Setembro).

Entre os ministros: Costa Freitas (ministro adjunto), Firmino Miguel (defesa nacional), José da Silva Lopes (finanças e plano), António Gonçalves Ribeiro (administração interna), Mário Raposo (justiça), Correa Gago (negócios estrangeiros), Vaz Portugal (agricultura e pescas), Santos Martins (indústria e tecnologia), Pires de Miranda (comércio e turismo), Costa Leal (trabalho), Carlos Lloyd Braga (educação e cultura), Acácio Pereira Magro (assuntos sociais), Amílcar Gouveia Marques (transportes e comunicações) e Almeida Pina (habitação e obras públicas).

  Governo anterior

Governo posterior  

C  Arquivo histórico do Portal do Governo

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 31-03-2009