País do faz de conta
Como noutro dia dizia um ambientalista, num debate televisivo, vivemos efectivamente num "país do faz de conta". Basta notarmos a febre das "informações de fonte segura" sobre os próximos detidos da rede pedófila, onde, segundo algumas contas, já lá vão cerca de duas centenas de políticos e outras figuras públicas. Já não é cabala, é loucura.
Julgo que a verdade poderá aproximar-se da linha da visibilidade, como o azeite que vai subindo a água, quando passar a febril agitação desta sociedade que tem ilusões de ser hiper-informada.
Aconselho, portanto, todos os meus leitores a não servirem de idiotas úteis, como intermediários de "nomes". Não digam mais nenhum em conversas, mensagens de telemóvel ou por outro qualquer meio. Recordem os velhos conselhos dos beligerantes durante uma guerra, quanto à luta contra o boato. Porque é de uma verdadeira guerra que estamos tratando, onde já se contam muitas vítimas inocentes. Esperemos.
 

29 Maio posted by J. A. | 1:09 AM