|| Governos || Grupos || Eleições || Regimes || Anuário || Biografias ||

  Causa Republicana (1954)


A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z  

Projectada organização da oposição, cuja constituição é requerida em Novembro de 1954 e indeferida em Junho de 1955 por despacho do ministro do interior.

Oposição – Vários oposicionistas subscrevem, em requerimento dirigido ao governador civil de Lisboa, o pedido de aprovação dos estatutos de uma Liga Cívica (15 de Março).

Em Abril, começa a circular o jornal clandestino Moreano (sigla de Movimento de Resistência Antitotalitária, dito de militares e para militares)  que Henrique Galvão edita a partir da cadeia onde está detido. Colabora também com o jornal brasileiro Anhembi que repete os panfletos. Só muito depois é que a polícia detecta que o jornal é feito na Penitenciária de Lisboa, através de um copiógrafo, emitindo-se cerca de 500 exemplares de cada edição. Depois de busca, encontram-se outras edições de livros de Galvão.

Oposicionistas do Porto, liderados por António Macedo, requerem ao Governador Civil do Porto autorização para a constituição no distrito de um Centro Eleitoral Democrático (5 de Julho).

Criada uma Grande Comissão Nacional para a organização da Causa Republicana, cuja constituição é indeferida em Junho de 1955 por despacho do ministro do interior.

 

 

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 19-05-2007  

Projecto CRiPE- Centro de Estudos em Relações Internacionais, Ciência Política e Estratégia. © José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 03-05-2007