© José Adelino Maltez, Crónica do Pensamento Político, editada em Dili, na ilha do nascer do sol, finais de 2008

 

 

1453: Otomanos conquistam Constantinopla e fim da Guerra dos Cem Anos

 

 

1450 1451 1452 1453   1454 1455 1456 1457 1458 1459 1460

 

Século XIV  Linha do Tempo    Século XVI

 Carlos VII, le Victorieux, rei de França (1422-1461)

Henrique VI, rei de Inglaterra (1422-1461 e 1470-1471)

Jaime II da Escócia (1437-1460)

Frederico III, Habsburgo (1440-1493)

Ladislau I, o Póstumo, rei da Boémia (1439-1457)

Mehmed II, o Conquistador (1451-1481)

Casimiro IV Jagiellon, rei da Polónia (1447-1492).

 
Papa Nicolau V (1447-1455)

Ladislau V, filho de Alberto de Habsburgo, rei da Hungria (1440-1457)

Afonso I (1442-1458), Rei das Duas Sicílias. Afonso V de Aragão.

Vitória dos franceses sobre os ingleses em Castillon, recuperando a Guiena (17 de Julho)

Fim da Guerra dos Cem Anos  pela capitulação de Bordéus (19 de Outubro). Garantida a independência da Borgonha, que perde Paris e a Normandia para os franceses; a Inglaterra fica apenas com a cidade de Calais, só abandonada em 1558.

 

Conquista de Constantinopla pelo sultão Mehmed II (29 de Maio). O cerco começa em 2 de Abril. Na cidade há cerca de cinco mil Bizantinos e dois mil genoveses e venezianos. Destaca-se o comandante da praça, o genovês João Giustiniani. Mas Epiro apenas vai cair em 17 de Janeiro de 1467.

 

 

 Reinado de D. Afonso V

O Estudo Geral de S. Francisco de Lisboa é equiparado a universidade.

Expedição de Cid de Sousa até ao cabo dos Mastros.

Rei doa a Ilha do Corvo a D. Afonso, duque de Beja.

Condestável D. Pedro regressa a Portugal e é reempossado como mestre de Avis (30 de Maio).
Nicolau de Cusa, De Pace Fidei.

 

Gomes Eanes Zurara, Crónica dos Feitos da Guiné (manuscrito data de 18 de Fevereiro de 1453).  
 

© Editado por José Adelino Maltez em Dili, Universidade Nacional de Timor Leste, ano de 2008

 

Última revisão:15-02-2009