Camus, Albert
(1913-1960)

 

 

Escritor e filósofo francês. Membro do Partido Comunista de 1922 a 1937. Destacado militante da resistência e colaborador de Combat. Prémio Nobel da literatura em1947. Logo em 1943 publicou as célebrea Cartas a um Amigo Alemão, em nome, não de um francês, mas sim de nós, europeus livres Existencialista francês, célebre como romancista, mas também filósofo e teórico político, sobretudo em L’Homme Révolté, de 1951. Natural de Argel, provém da classe operária. Membro activo da Resistência desde 1940, no pós-guerra distancia-se dos existencialistas ligados ao marxismio, como Sartre, Simone Beauvoir e Merleau-Ponty. Morre em acidente de viação em1960, diatante da esquerda e da direita.

 

 

Voltar início

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: 19-03-2009