1952
 

Janeiro
O rearmamento alemão

 

 

Bundestag ratifica o Plano Schuman (11 de Janeiro)

Novo governo belga social-cristão, presidido por Jan Van Houtte* (15 de Janeiro

Governo alemão aprova a criação de umas forças armadas (Janeiro)

Campanha dos Wu Fan na China, no primeiro semestre

Intentona –O ministro Trigo de Negreiros em 8 de Janeiro comunica ter sido descoberta uma conspiração organizada por Henrique Galvão, com o brigadeiro Maia e os coronéis Martins dos Reis e Tadeu. São condenados, no fim do ano, em 11 e 12 de Dezembro, com penas de prisão entre dois e três anos. Prisão de Henrique Galvão e de outros membros da Organização Cívica Nacional, são acusados de encobrimento de um movimento revolucionário. Estão reunidos na sede do grupo na Rua da Assunção. Chegam a solicitar a aprovação dos respectivos estatutos ao governador civil de Lisboa, que indefere o requerimento (7 de Janeiro).

Salazar vive em pleno enlevo com a jornalista francesa Christine Garnier. Encontram-se para a revisão do texto do livro (9 de Janeiro) que é publicado em 19 de Maio, com o título Férias com Salazar.

 

Janeiro Fevereiro Março
Abril Maio Junho
Julho Agosto Setembro
Outubro Novembro Dezembro

Ver síntese do ano

 

©  José Adelino Maltez, História do Presente (2006)

© José Adelino Maltez. Cópias autorizadas, desde que indicada a origem. Última revisão em: